Fórmula 3 Inglesa: Mineiro Victor Corrêa larga em terceiro em Rockingham

30 de maio de 2009

Quarto colocado na classe National do Campeonato Inglês de Fórmula 3, o mineiro Victor Corrêa (Unifenas) já tem perspectiva de melhorar seu posicionamento na tabela do mais prestigiado certame da categoria no mundo. Nos treinos de classificação realizados neste sábado (30/5) para a rodada dupla que acontece domingo (31/5) em Rockingham, na Inglaterra, ele garantiu a terceira posição para o grid de largada da quinta e sexta etapas. “Corrida é outra coisa. Vamos tentar acompanhar os ponteiros e ver a possibilidade de chegar mais a frente”, planeja o representante de Alfenas, sul de Minas Gerais.

Enquanto muitos pilotos repetiram nos treinos classificatórios da terceira rodada dupla a melhor marca que haviam atingido nas práticas livres de sexta-feira, e alguns melhoraram no máximo três décimos de segundo, Victor Corrêa baixou exatamente um segundo de seu melhor tempo. “Mexemos no acerto do carro, nos amortecedores e aerofólio traseiros e melhorou com os pneus novos”, justificou o brasileiro, que acumula as funções de piloto de testes e de provas do chassi SCL R1, o que comprova a grande evolução que conseguiu no carro construído e usado apenas pela equipe Litespeed na Fórmula 3. “Fiquei feliz porque conseguimos algum progresso, mas ainda temos que melhorar muito ainda. O máximo que podemos aspirar agora, em condições normais, é o terceiro, ainda pouco para as minhas aspirações”.

O objetivo de Corrêa para este final de semana é subir pela quarta vez consecutiva no pódio, algo inédito na história da Litespeed, e ainda subir na tabela de classificação do campeonato. “Se eu conseguir chegar nas duas corridas na frente do Max Snegirev, já subirei para terceiro no campeonato, a melhor posição da Litespeed desde que ela entrou na categoria”, lembra Victor. O brasileiro acumula 36 pontos, apenas um de desvantagem em relação ao piloto russo, terceiro colocado no campeonato. A liderança é do inglês Daniel McKenzie, com 73, seguido de Gabriel Dias, com 56 pontos.