Sem pontuar, Renault admite que R29 não é competitivo o bastante

7 de junho de 2009

Mesmo com o bom desempenho de seus pilotos, a Renault não conseguiu mais do que o décimo lugar de Fernando Alonso, neste domingo, no GP da Turquia. Ciente de que o rendimento do R29 é inferior em relação aos rivais, a escuderia francesa sabe que, enquanto o carro não for melhorado, dificilmente o bicampeão mundial e seu companheiro, Nelsinho Piquet, conseguirão brigar por melhores posições.

“Ambos os pilotos fizeram o melhor que eles poderiam numa corrida difícil e com um carro que, simplesmente, não é competitivo o suficiente”, admitiu o chefe da Renault, Flavio Briatore. “Nossa prioridade é continuar trabalhando, introduzindo atualizações constantes e substanciais e melhoras para o carro a cada corrida, pelo resto da temporada”, acrescentou.

“Foi uma corrida muito franca hoje, mas meu destino foi decidido ontem, com os problemas que tive na qualificação e por isso foi difícil fazer a estratégia funcionar. O carro estava bom e tive algumas boas disputas, incluindo uma com Hamilton, quando o passei”, comentou Piquet.  “Mas nosso resultado final é decepcionante”, confessou o brasileiro, que terminou na 17ª colocação e ainda espera por seus primeiros pontos na temporada. “Contudo, eu continuo confiante de que podemos melhorar até Silvestone”, ponderou. Fonte: F-1 na Web – Flávio Augusto. Foto:Luca Bassani