Button culpa “chamado do engenheiro” pelo sexto lugar obtido

20 de junho de 2009

O piloto da Brawn GP, Jenson Button, acredita que o chamado pelo rádio, que recebeu de seu engenheiro, o atrapalhou durante sua volta rápida, na qual conquistou apenas o sexto posto. O atual líder do campeonato acredita que poderia ter alcançado uma melhor posição, apesar de sofrer com a falta de aderência. “Minha segunda volta não estava muito mais rápida, mas um pouco mais”, disse Button. “Nós poderíamos estar uma posição à frente, mas meu engenheiro disse: ´nesta volta, nesta volta`, e logo que alguém fala isso, você reage instantaneamente e isto atrapalhou um pouco no meu tempo”.

“Eu melhoraria apenas uma posição se continuasse, eu não sei se o time quis salvar algum combustível, mas não foi um chamado comum”, concluiu o inglês que ainda esta otimista em relação à corrida de domingo. Ross Brawn, chefe da equipe, admitiu que o carro de Button precisa de sérios ajustes, para que o piloto tenha a chance de conquistar sua sétima vitória no campeonato. “Jenson está reclamando que o balanço com a primeira opção de pneus não está ok. Fizemos alguns ajustes, mas não tenho certeza se funcionou”.

“Penso que com um pouco de pensamento nesta noite seremos capazes de realizar algumas melhorias, porque claramente Rubens (Barrichello) foi muito bem por estar na primeira fila”, afirmou Brawn.