Rally dos Sertões: Varela e Macedo vencem na Super Production

26 de junho de 2009

O Rally dos Sertões chega ao final da tarde desta sexta-feira (26/6) em Minaçu (GO), completando 1.441 km do percurso total de 5.056 km . A chegada depois de 10 dias de competição será em Natal (RN), dia 3 de julho. “Hoje (quinta-feira) o Sertões já mostrou sua cara. Foi quebradeira e será disto para pior. O bom é que vencemos em nossa categoria e ampliamos a liderança no campeonato brasileiro”, comentou Reinaldo Varela (Mitsubishi/Pirelli/Blindarte), cinco vezes vencedor do Rally dos Sertões e único brasileiro campeão mundial de Rally Cross Country, que ao lado do navegador Marcos Macedo venceu a etapa de quinta-feira (25/6) na categoria Super Production e ficou em quinto na classificação Geral.

No segundo dia de disputas o Rally dos Sertões foi de Santa Helena até Cidade de Goiás – reconhecida em 2001 como Patrimônio Histórico e Cultural Mundial pela Unesco – com 334 km de Especial muito técnica e completa, exigindo estratégia. O percurso começou travado, com muitas lombadas descendo a Serra do Caipó. “Foi muita lomba, muito trial muita quebradeira por causa dos saltos e erosões. Saímos chacoalhados”, tentou explicar Marcão Macedo. Depois, em estradas mais rápidas, os ralizeiros subiram a Serra Dourada, e desceram com curvas de nível e bastante cascalhos. “A Especial foi muito travada, não terminava nunca, muito cansativa, duríssima”, completou o navegador.

Os três primeiros dias do Rally dos Sertões, que serão completados nesta sexta-feira em Minuaçu, serão válidos como três etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country, que tem a liderança de Varela/Macedo na categoria Super Production com 44 pontos. Partindo logo cedo da antiga capital do estado, os aventureiros terão um longo dia pela frente. Serão 645 km até Minaçu, sendo 317 km cronometrados. A Especial será travada e a navegação terá muita importância. A região é de piso precário, com estradas sinuosas e estreitas, erosões, valetas, curvas de nível, com muito cascalho e pontes estreitas. Fotos:Mário Machado, Fábio Davini e José Mário Dias.