Dupla cearense Aguiar/Bessa completa mais uma etapa do Rally dos Sertões

27 de junho de 2009

Foi unânime. Ao final da segunda etapa (25) do Rally Internacional dos Sertões, o competidores estavam exaustos, tamanha quebradeira apresentou o dia que começou em Santa Helena e terminou em Cidade de Goiás. A especial de 334 quilômetros judiou do conjunto piloto/navegador/ equipamento. Mas a dupla Luiz Aguiar/Sergio Bessa da Equipe Evolution Racing Team cumpriu a estratégia e fez uma prova dosando cautela e competitividade.

Os cearenses terminaram o dia na 12ª posição na Super Production e na 26ª. geral dos Carros. Para a dupla que recuperou várias posições, o desempenho foi muito satisfatório. Pois largam atrás na 40ª posição dos Carros e foram fazendo ultrapassagens pouco a pouco. “Foi um a especial duríssima, muito trial, mas nosso carro respondeu muito bem e passou pelo teste, não tivemos nenhum problema mecânico e o entrosamento e sintonia com o Bessa aumentam a cada quilômetro. Manteremos o mesmo ritmo e estratégia para a próxima etapa que promete não ser fácil também”, disse o piloto.

É a primeira vez que Aguiar e Bessa disputam o Rally dos Sertões juntos, o piloto já participou de duas edições enquanto o navegador estreou neste ano e está gostando muito de enfrentar o segundo maior rali do mundo.

“Trabalhei bastante, a prova exigiu muita navegação e cheguei bem cansado pela quantidade de lombas e saltos por todo o trajeto. Mas isto tudo é maravilhoso, faria a mesma especial de novo. Hoje (25) entendi o que é o Sertões”, diz o estreante na competição.

Por outro lado, o dia foi difícil para a dupla Cleber Rosa/Eduardo Rebouças. Eles estavam entre dos 20 carros que não conseguiram completar devido a dificuldade do percurso. Pilotando a outra Mitsubishi L200 RS da equipe eles começaram bem o dia, andaram forte, mas tiveram problemas no trecho de serra da especial. Um problema mecânico os impediu de retornar a prova a tempo e não puderam completar a segunda etapa. Fotos: Donizetti Castilho e Josó Mário Dias.