Rally dos Sertões: Salvini Racing continua motivada e faz o segundo melhor tempo da T4.2

29 de junho de 2009

Velocidade, adrenalina e poeira foram as grandes características da 5ª etapa do 17º Rally dos Sertões, que chegou à cidade de Luis Eduardo Magalhães, BA. A Salvini Racing conquistou mais um bom resultado após 281 quilômetros de especial, com mais 258 quilômetros de deslocamentos. Entre os caminhões, o piloto Guido Salvini, o navegador Weidner Moreira e o copiloto Fernando Chwaigert fizeram o segundo melhor tempo da especial na categoria T4.2 e o terceiro na Geral, com o tempo de 3 horas 21 minutos e 06 segundos.

Segundo Salvini, a prova foi de alta velocidade e por várias vezes o trio teve de reduzir o ritmo para não ultrapassar o limite de velocidade imposto pela organização, de 150 km/h. “Por conta do trial, lombadas, erosões, valetas, entre outros obstáculos, era preciso tirar o pé, a fim de evitar estragos no equipamento, mas ainda sim, permanecemos a maior parte da prova bem acelerados”, contou o piloto.

Após completarem a corrida, a população do município aguardava ansiosa pela chegada dos competidores, que realizaram um super prime. Com a energia que o público transmitia, as equipes se empolgaram e realizaram manobras excepcionais. Moreira contou que a navegação estava bastante precisa.

A 6ª etapa reserva muitas surpresas. Com destino a cidade de Barra, BA, a prova terá 557 quilômetros, sendo 361 de especial. Os times terão de ter muita experiência e equilíbrio para superarem diversos obstáculos em alta velocidade, sem danificar o veículos e comprometer sua performance para o dia seguinte. Na fase Maratona, os mecânicos não podem fazer a manutenção dos equipamentos, e se houver necessidade, somente os próprios tripulantes que tem essa autorização e, ainda, após a largada para a 7ª etapa.