Rally dos Sertões: Varela e Macedo vencem pela quarta vez na Super Production

2 de julho de 2009

Reinaldo Varela e Marcos Macedo (Mitsubishi/Pirelli/Blindarte) voltaram com tudo à 17ª edição do Rally Internacional dos Sertões. No oitavo dia de competição, disputado nesta quarta-feira (01/07), a dupla venceu a categoria Super Production e foi quinta colocada geral entre os carros. “Isso mostra a nossa regularidade durante a competição. Fizemos um bom trabalho de preparação e o carro está bastante rápido”, afirma Varela. Com o resultado, os líderes do Campeonato Brasileiro de Rali Cross Country acumulam vitórias em metade das oito Especiais disputadas. 

Os 438 km percorridos no oitavo dia levaram os competidores à cidade de Juazeiro do Norte, no Ceará. Já são cinco Estados (Goiás, Tocantins, Bahia, Pernambuco e Ceará) e 4.256 km percorridos. A Especial de quarta-feira foi a mais curta até agora. Foram 197 km de baixa velocidade, com estradas estreitas e sinuosas, marcadas por areia, atoleiros, cascalho, piçarras e travessia de barragens. “Foi uma especial bem rápida, mas traiçoeira, com algumas lombas e erosões que nos pegaram de surpresa. Mas foi gostoso de acelerar”, conta o navegador Marcos Macedo.

Com a proximidade de seu final, o Rally dos Sertões diminuiu o ritmo aos poucos. O nono dia (02/7) terá percurso total de 439 km entre Juazeiro do Norte e Caicó (RN), cruzando o Estado da Paraíba. O trecho cronometrado de 184 km é bastante técnico, com estradas estreitas e piso predominante de cascalho, com partes onde piso é de piçarra, areia e muitas pedras. O final da Especial será do tipo Trial, com muitas erosões. “Nosso compromisso é acelerar e conseguir um bom desempenho para nos posicionarmos bem para o último dia de provas”, conta Varela, único brasileiro campeão mundial de Rali Cross Country, em 2001.

O Rally termina nesta sexta-feira (03/07), em Natal (RN). Ao final de 10 dias de provas, os competidores terão atravessado sete Estados para completarem 5.045 km no segundo maior rali da América Latina. Fotos:Doni Castilho e Haroldo Nogueira