Copa Troller Nordeste: etapa de Recife reúne 70 duplas neste sábado

10 de julho de 2009

Com a presença de 75 duplas de sete estados acontece neste sábado a segunda etapa da Copa Troller Nordeste 2009. A cidade de Recife será o palco da disputa, considerada um dos melhores ralis de regularidade do país. Em razão das constantes chuvas na região, a expectativa para a competição é de muita lama para os cerca de 130 quilômetros de trilhas e estradas pernambucanas. A largada está programada para as 8h30, na Concessionária Trilha Nordeste, em Recife, com chegada no Serrambi Resort, na Praia de Serrambi, em Ipojuca.  O calendário da Copa Troller Nordeste ainda prevê provas em Salvador, no dia 22 de agosto; Natal, em 26 de setembro; e Fortaleza (CE), no dia 22 de novembro, fechando a temporada 2009.

A confirmação de um grid tão grande mostra a força e importância da Copa Troller. O evento, em seu sétimo ano, continua atraindo adeptos, ratificando o crescimento do segmento off-road de uma maneira geral. Infraestrutura de primeira, equipe técnica profissional, resultados pelo sistema Rastro, que possibilita o controle via satélite e garante maior rapidez e precisão nos resultados, e ações sociais como o apoio ao CarbonoNeutro® são algumas da atrações da disputa, que tem homologação pela Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA).

A etapa pernambucana deverá exigir muito dos participantes. Além de muita lama, fruto das chuvas dos últimos meses, eles também terão pela frente trechos bastante acidentados em usinas de cana-de-açúcar. “A prova vai exigir muita pilotagem. Não há atoleiros, mas o piso estará bastante liso. São cerca de 130 quilômetros de percurso, com 70 deles navegáveis, proporcionando uma disputa bastante agradável”, explica Deco Muniz, diretor geral da Copa Troller 2009. “Vale lembrar que fizemos uma prova boa para todos, com os ajustes necessários em cada uma das quatro categorias”, completa.

A Copa Troller é dividida em quatro categorias, Graduados, Turismo, Expedition e Amigos, e reúne pilotos e navegadores de todos os níveis, dos novatos aos experientes. Por se tratar de um rali de regularidade, as duplas devem cumprir os trechos da planilha dentro do tempo estipulado, sendo que a vencedora será aquela que perder menos pontos no percurso. Dessa forma, a harmonia entre piloto e navegador é o grande segredo do sucesso para seguir à risca as determinações de cada etapa. Foto:Doni Castilho/MBraga Comunicação.