Webber vence o GP da Alemanha; Red Bull já ameaça a Brawn GP

12 de julho de 2009

No GP da Alemanha, de duas marcas históricas possíveis, sobressaiu a que os brasileiros menos desejavam. Na disputa entre Rubens Barrichello e Mark Webber, a 100ª vitória do Brasil na F-1 foi novamente adiada, para dar lugar ao primeiro triunfo australiano, após 28 anos da conquista de Alan Jones, no GP de Las Vegas. Webber comandou mais uma dobradinha da Red Bull na temporada, a segunda consecutiva. E Barrichello, no fim das contas, acabou com o sexto lugar, prejudicado pelos problemas com os pneus e por um erro da Brawn GP em seu segundo pitstop.

Com o resultado, o piloto caiu para a quarta posição no campeonato, atrás do australiano e de seu parceiro de time, Sebastian Vettel. Agora, além da ameaça no mundial de pilotos, a escuderia inglesa observa, também, a Red Bull se aproximar perigosamente na tabela dos construtores: a diferença, que, até então, era vertiginosa, caiu para 19,5 pontos.

No entanto, a boa notícia para os brasileiros veio com Felipe Massa. Pela primeira vez na temporada e depois de largar em oitavo, o brasileiro conseguiu encaixar uma bela corrida e terminou a prova no pódio, com a terceira posição.

A corrida

Dois pilotos veteranos e um incidente imprudente. Mais leve que o pole position Mark Webber, Rubens Barrichello tinha a ideia de ultrapassar o piloto da Red Bull logo na largada. Weber, no entanto, parece não ter concordado muito com a estratégia: para defender a posição, o australiano jogou seu RB5 contra o BGP 001 de Barrichello. Até o toque.

A manobra, contudo, além de não cumprir o objetivo, iria, posteriormente, render uma punição ao piloto da Red Bull. Enquanto isso, Felipe Massa, da Ferrari, que largara em oitavo, ganhava quatro posições no grid. Já Lewis Hamilton, quinto colocado na qualificação, não teve seu dia de sorte: logo na primeira curva, um dos pneus de seu MP4-24 acabou furando. Como consequência, o piloto da McLaren caiu para a 19ª posição, tendo, assim, sua corrida completamente comprometida.

Na primeira colocação, Barrichello não conseguia abrir uma vantagem significativa em relação a Webber. E mesmo com o australiano passando pelos boxes, devido à punição aplicada pelo incidente na largada, o piloto da Brawn GP acabou perdendo a liderança durante a fase de pitstops.

E a sorte, de fato, não estava ao lado do brasileiro: em sua segunda parada, um engano da equipe Brawn com a mangueira de combustível fez com que ele perdesse segundos importantes na prova. Como Barrichello teria de parar mais uma vez, o cenário não que se desenhava não era dos mais favoráveis.

Já Felipe Massa, assim como em Silverstone, após uma qualificação não muito satisfatória, conseguia encaixar uma boa corrida, voltando a andar entre os líderes. As Brawns, por outro lado, novamente, sofreram com a temperatura dos pneus e o rendimento do BGP 001. No entanto, quem sofreu ainda mais foi Barrichello. Após o terceiro pitstop, o brasileiro perdeu a posição, também, para o seu companheiro de equipe, Jenson Button. A chance da primeira vitória na temporada ficou cada vez mais distante.

Tão distante quanto Mark Webber, que, aos choros dentro de seu cockpit, emocionou o mundo da F-1 e, a largos passos, conquistou sua primeira e triunfante vitória na carreira. Fonte: F-1 na Web – Flávio Augusto.

Confira a classificação final do GP da Alemanha:

1. Webber Red Bull-Renault (B) 1h36:43.310
2. Vettel Red Bull-Renault (B) + 9.252
3. Massa Ferrari (B) + 15.906
4. Rosberg Williams-Toyota (B) + 21.099
5. Button Brawn-Mercedes (B) + 23.609
6. Barrichello Brawn-Mercedes (B) + 24.468
7. Alonso Renault (B) + 24.888
8. Kovalainen McLaren-Mercedes (B) + 58.692
9. Glock Toyota (B) + 1:01.457
10. Heidfeld BMW Sauber (B) + 1:01.925
11. Fisichella Force India-Mercedes (B) + 1:02.327
12. Nakajima Williams-Toyota (B) + 1:02.876
13. Piquet Renault (B) + 1:08.328
14. Kubica BMW Sauber (B) + 1:09.555
15. Sutil Force India-Mercedes (B) + 1:11.941
16. Buemi Toro Rosso-Ferrari (B) + 1:30.225
17. Trulli Toyota (B) + 1:30.970
18. Hamilton McLaren-Mercedes (B) + 1 lap