Brawn coloca panos quentes sobre as declarações de Barrichello

13 de julho de 2009

Inconformado, Rubens Barrichello bradou, ontem, para quem estivesse disposto a ouvir, que o resultado da Brawn no GP da Alemanha “foi uma boa exibição do time de como perder uma corrida” e que não queria falar após a prova, pois “isso tudo será um blá, blá, blá (SIC)”. Largando na primeira fila e tendo liderado boa parte da corrida, Barrichello terminou o Grande Prêmio com a modesta sexta colocação. O brasileiro se sentiu prejudicado por um engano com a mangueira de combustível e por uma estratégia duvidosa do time, que antecipou seu último pitstop para, supostamente, beneficiar Jenson Button com mais tempo na pista.

A despeito das fortes declarações, o co-proprietário e chefe da Brawn GP, Ross Brawn, evitou as polêmicas e tratou de colocar panos quentes sobre o assunto. “Este é um piloto de corrida decepcionado. Quando você sai do carro pensando que devia ter vencido uma corrida e você não leva em conta todos os fatos, isso pode acontecer”, comentou.

“Esta é uma paixão que alguns pilotos têm. Mais uma vez ele tem se acalmado… ao sentar e analisar todos os números, ele verá que estávamos lentos demais. Não havia como vencer a corrida”, completou Brawn. Em declaração oficial da escuderia inglesa, após a corrida, Barrichello disse: “[os motivos do resultado] estão agora muito claros para mim, tendo conversado com o time”.Fonte: F-1 na Web – Flávio Augusto. Foto:Divulgação.