F-Truck: Geraldo Piquet aposta em boa adaptação dos Mercedes-Benz à pista de Interlagos

15 de julho de 2009

A Fórmula Truck se aproxima da quinta etapa da sua temporada 2009. A prova está marcada para o próximo domingo, dia 19, no autódromo de Interlagos em São Paulo. E as expectativas são das melhores para o piloto brasiliense Geraldo Piquet, quarto colocado no campeonato. Em uma temporada que começou com domínio dos caminhões Volskwagen, que ocupam as três primeiras posições da tabela de pontos, Geraldo aposta em um bom desempenho do seu Mercedes-Benz na pista de Interlagos – onde no ano passado terminou a prova em segundo lugar na dobradinha da equipe ABF Competições. “Em São Paulo o final de semana tem tudo para dar certo”, aponta o vencedor da segunda etapa do ano, em Fortaleza (CE). “A pista ajuda os caminhões de 12 litros por causa do longo trecho de reta. Além disso, a equipe tem um excelente retrospecto nessa pista”, avalia. “Claro que não podemos descartar os adversários, mas estou confiante em um final de semana produtivo”, completa.

Como preparação para a corrida do próximo domingo, Geraldo Piquet e seu companheiro de equipe Wellington Cirino, foram para o autódromo de Curitiba – no Paraná – onde fizeram uma série de testes com equipe ABF. “Me concentrei nos testes com o catalisador e teremos novidades nessa parte em São Paulo. Também testamos alguns componentes de freio e tudo correspondeu muito bem”, conta Geraldo. “Tenho certeza que chegamos para a etapa de São Paulo mais fortes do que estávamos nessa mesma época em 2008”, destaca.

A equipe ABF competições também acredita ter sanado um problema que acometia o caminhão de Geraldo Piquet desde a terceira etapa do ano, em Caruaru (PE). As causas das fortes trepidações nos trechos de freada podem ter sido descobertas e os caminhões voltaram de Curitiba para a sede da equipe – em Santos (SP) – para os ajustes necessários.

Tal qual o circuito de Goiânia – que recebeu a última etapa da Fórmula Truck, no mês de junho – Interlagos deve ser um teste de resistência para os caminhões. Dessa vez, o clima não é o grande problema dos pilotos como na capital goiana, mas um circuito técnico que exige dos motores e freios dos caminhões. Após quatro etapas disputadas, o líder da Fórmula Truck é Valmir Benavides com 89 pontos. Felipe Giaffone é o segundo com 78, Renato Martins tem 59 em terceiro e Geraldo Piquet é quarto com 56.  Os treinos livres da etapa paulista começam na sexta-feira. A Fórmula Truck divide o autódromo com a Top Race, categoria de carros turismo da Argentina semelhante à Stock Car Brasileira, e que terá o ex-campeão mundial de Fórmula 1, Jacques Villeneuve, correndo como convidado. Fotos: Orlei Silva.