Lucas faz pole e conquista pontos na Hungria

25 de julho de 2009

Lucas Di Grassi (Eurobike/Schioppa) repetiu o bom desempenho mostrado no treino livre da manhã desta sexta-feira (24) e conquistou a pole position para a primeira corrida do Campeonato Mundial de Fórmula GP2, com largada programada para as 11 horas (de Brasília) deste sábado. Com o tempo de 1min27s867, o brasileiro da Racing Engineering larga na frente pela primeira vez na temporada.

Di Grassi conseguiu uma marca 0s066 melhor que a do segundo colocado, o russo Vitaly Petrov, da Addax, que largará ao seu lado na corrida de amanhã. Javier Villa e Davi Valsecchi formam a segunda fila, com o alemão Nico Hulkenberg em quinto e o italiano Luca Fillipi em sexto lugar. Pastor Maldonado (Venezuela), Andreas Zuber (África do Sul), Davide Rigon (Itália) e Roldán Rodriguez (Espanha) fecham os dez primeiros.

A sessão classificatória foi bastante movimentada. Nos primeiros cinco minutos do treino um acidente entre os franceses Romain Grosjean e Frank Perera provocou uma breve bandeira vermelha. Os danos em ambos os carros impediu os pilotos de voltarem à pista para melhorar seus tempos.

“O treino foi muito bom. A equipe mudou um pouco o carro da última corrida para cá e ganhamos performance. Dava até para ser mais rápido, mas está ótimo – logicamente! Largar na pole position é fantástico”, disse Lucas, que com o resultado soma mais dois pontos no campeonato, isola-se na quarta colocação agora com 28 pontos e se aproxima mais um pouco dos líderes do campeonato.

“Não começamos o campeonato com o pé direito, e agora as coisas estão se encaixando melhor, o carro melhorou muito de lá para cá e estou feliz com nossa competitividade”, afirmou. Com o desempenho, Di Grassi pode repetir a vitória obtida na Hungria no ano passado: “Estamos bem, mas treino é treino, corrida é corrida. Sei que estamos fazendo um bom trabalho aqui, mas a GP2 é muito competitiva. Estamos animados, mas vamos ficar contentes mesmo só se estivermos em primeiro depois da bandeirada. Até lá, tem que levar muito a sério se quiser vencer”. A prova começa às 11h (de Brasília) neste sábado.