Pilotos da GT3 brasileira enfrentam desafio na Europa

25 de julho de 2009

O Itaipava GT3 Brasil realiza sua quarta rodada dupla de 2009 neste final de semana (25 e 26), na cidade de Londrina, no Paraná, mas a categoria também está de olho nos acontecimentos da famosa 24 Horas de Spa-Francorchamps, corrida sexagenária que está entre as mais prestigiadas do automobilismo do tipo endurance (resistência). Os atuais bicampeões Andreas Mattheis e Xandy Negrão, além dos pilotos Clemente Lunardi e Constantino Júnior largarão neste sábado em Spa a bordo de um supercarro de GT3 idêntico ao utilizado por eles no Brasil.

Os quatro pilotos conduzirão um Ford GT preparado pela suíça Matech GT Racing. Constantino Júnior, que venceu ao lado de Clemente Lunardi a primeira etapa do Itaipava GT3 Brasil em Interlagos este ano, disse que o quarteto está motivado. “Nós somos pilotos bem experientes e estamos entusiasmados por pilotar o Ford GT aqui em Spa”, declarou o brasileiro. “O Ford é um ótimo carro de corridas”, definiu.

Sobre a pista de Spa, que tem 7.004 metros, Constantino afirmou que se trata de um traçado exigente: “Corri em Spa há 16 anos mas a pista mudou muito desde então”, lembrou, referindo-se à época em que disputou o Campeonato Intercontinental de Fórmula 3000, então o último degrau antes da Fórmula 1. “É um traçado muito difícil e, pessoalmente, acho muito especial competir em uma prova de 24 horas tão importante. Aqui, você tem que contar com a sorte e pilotar com cuidado. E nós vamos fazer isso!”.