Super GT: João Paulo de Oliveira perde liderança no Japão

26 de julho de 2009

O brasileiro João Paulo de Oliveira perdeu a liderança do Campeonato Japonês de Super GT. Na quinta etapa do principal certame de carros GT do Oriente, disputada domingo (26/7) no circuito de Sugo, ele estava em segundo quando sua equipe optou por uma estratégia equivocada que relegou o paulista ao 13º lugar. “Perdemos a liderança, mas não a motivação. Somos agora terceiro na classificação, mas ainda tem chão até o fim do ano! Vamos lá, bola pra frente”, comentou. O francês Benoit Treluyer e o japonês Satoshi Motoyama venceram pela segunda vez com Nissan GT-R e assumiram a liderança do campeonato com 43 pontos, apenas quatro a frente de Andre Lotterer (ALE)/Jyuichi Wakisaka (JAP), com Lexus SC430, e seis de vantagem sobre o João Paulo e o japonês Seiji Ara.

Ao contrário do que a previsão dizia, o tempo começou bom e fez muito calor, com 31 graus centígrados em Sugo. A chuva veio durante a prova, porém não com muita intensidade. A equipe chamou João Paulo para a parada e optaram por pneus de chuva para o seu companheiro Seji Ara, que se arrastou na pista até o final com os pneus errados. “Não deu! Infelizmente a equipe errou na estratégia. Fazia excelente prova, vinha em segundo com boas chances de vitória, pois encostava no líder. Uma decisão equivocada que nos custou pontos importantíssimos no campeonato”, lamentou o brasileiro.

A sexta etapa do Campeonato Japonês de Super GT será dia 23 agosto em Suzuka. “Agora a cabeça está no Felipe (Massa). Pensamento positivo. Ele ficará bem e tenho certeza que ainda nos trará muitas alegrias”, torce João Paulo, amigo do piloto da Ferrari, com quem passou alguns dias na Europa na semana passada.