Ferrari confirma: Schumi substitui Massa a partir do GP da Europa

30 de julho de 2009

O que parecia pura especulação acabou se concretizando: o heptacampeão Michael Schumacher voltará, oficialmente, às corridas de F-1. A Ferrari confirmou a informação em declaração publicada nesta quarta-feira. O alemão será o substituto de Felipe Massa, enquanto o brasileiro se recupera do acidente sofrido na qualificação para o GP da Hungria, no último sábado. “Michael Schumacher disse que está pronto e, nos próximos dias, passará por um programa específico de treinamento. No final, será dada a confirmação de sua participação no campeonato, com ações a partir do Grande Prêmio da Europa, no dia 23 de agosto”, declarou a Ferrari.

“A coisa mais importante: graças a Deus, todas as notícias a respeito do Felipe são positivas. Novamente, eu desejo a ele o melhor”, comentou Schumacher. “Eu me encontrei nesta tarde com Stefano Domenicali e Luca di Montezemolo e, juntos, decidimos que irei me preparar para assumir o lugar de Felipe”, acrescentou.

“Embora seja verdade que o capítulo F-1 tenha sido completamente encerrado para mim por muito tempo, é também verdade que, por razões de lealdade ao time, eu não poderia ignorar esta infeliz situação. Mas, como o competidor que sou, estou, também, muito ansioso para enfrentar este desafio”, concluiu o alemão.

Atualmente com 40 anos, Schumacher terá de se preparar para reassumir a forma física ideal, por conta de um acidente de moto sofrido no início do ano. Sua última participação oficial na F-1 foi em 2006, quanto terminou o campeonato na segunda colocação, atrás de Fernando Alonso, que faturava o bicampeonato pela Renault. No entanto, o alemão esteve no cockpit da Ferrari em ocasiões posteriores, a última delas em abril de 2008, testando o F2008 no circuito de Barcelona. Fonte: F-1 na Web – Flávio Augusto.