F-Superliga: Bernoldi sofre com problemas em seu carro e tem final de semana para ser esquecido

2 de agosto de 2009

O terceiro final de semana de competições da temporada 2009 da Fórmula Superliga deve ser esquecido pelo piloto Enrique Bernoldi, que defende o Flamengo. O brasileiro, que já havia sofrido com problemas na véspera, quando a programação foi aberta, abandonou as duas provas que disputou neste domingo (02), em Donington Park, na Inglaterra.

Na primeira corrida, Bernoldi, que compete com um monoposto preparado pela Delta Racing, em parceria com a Alan Docking Racing (ADR), abandonou logo no início com problemas no motor. Na segunda, o brasileiro, que havia largado na pole position, voltou a ter dificuldades com o seu equipamento e novamente deixou a prova precocemente.

“Na primeira corrida, eu ia ultrapassar o Liverpool, mas estava do lado sujo da pista. Acabei tocando o carro do Adrian Valles e saindo da pista. Depois, o motor apagou e não consegui voltar”, lamentou Enrique.

“Na segunda prova, eu larguei na pole e estava em primeiro, mas o carro não estava muito bom. Fiquei mais segurando a primeira posição depois da largada do que abrindo diferença para os que estavam atrás. Quando fui para os boxes realizar o pit stop, a embreagem deve ter quebrado ou tivemos algum problema com câmbio, pois o carro ficou travado na marcha e não consegui sair do lugar”, completou o piloto do Flamengo.

A corrida de abertura do final de semana foi vencida pelo Basel, da Suíça, representado pelo alemão Max Wissel. Na segunda, o Porto, de Portugal, comandado pelo francês Tristan Gommendy, foi o melhor. Na super-final, que envolveu os três primeiros de cada prova, o Rangers, da Escócia, que tem como piloto o australiano John Martin, cruzou a linha de chegada na frente.