Cirino espera corrida equilibrada em Londrina

6 de agosto de 2009

A segunda fase da temporada 2009 do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck começa no próximo dia 16, quando será disputada a sexta etapa no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Londrina. A briga pelas primeiras colocações na classificação fica mais acirrada a cada etapa e a meta do paranaense Wellington Cirino, da equipe ABF/Mercedes-Benz, será melhorar sua posição na classificação. Ele é o quinto colocado no campeonato, com 64 pontos, enquanto que o líder é o paulista Valmir Benavides, com 108.

Cirino espera uma corrida equilibrada. Para ele os caminhões pequenos, de 9 litros, levam vantagem na classificação porque têm o entre-eixo mais curto e isto lhes dá mais velocidade nas curvas de baixa. Já para a corrida, esta vantagem deve desaparecer e o duelo pela vitória será emocionante. “Os caminhões de 12 litros estão melhorando suas performance em Londrina a cada ano e nosso Mercedes-Benz Axor 2044 estará no páreo pela vitória”, destaca Cirino.

A confiança de Cirino se deve aos bons resultados alcançados pelos engenheiros nos testes de motor feito no dinamômetro da escuderia, em Santos. “Vamos ter um motor ainda mais potente do que em São Paulo. A equipe testou também o catalisador e não surgiu nenhum problema”, acentua Cirino.

Atual campeão da categoria, Cirino chega a Londrina como favorito, levando-se em consideração seu desempenho do ano passado, quando largou na fole position e venceu de ponta a ponta. “Foi um excelente resultado, que confirmou nossa recuperação no campeonato e nos levou a conquista do título da temporada e a conquista do tetracampeonato”, relembra Cirino.

Além do ano passado, Cirino venceu em Londrina em 2003. Ele tem também dois segundo lugares na pista do Norte do Paraná, conquistados em 2001 e 2004, Ele esteve no pódio também outras duas oportunidades, quando chegou em terceiro lugar em 1997 e em 2000. “Sempre tivemos bons resultados em Londrina e agora é a hora da reação”, finaliza Cirino, que na etapa anterior, disputada em São Paulo, teve que largar em 25º lugar no grid em função de um problema no catalisador e fez uma corrida espetacular, conquistando o segundo lugar. Foto:Orlei Silva.