Kia anuncia crescimento nas vendas globais de julho

12 de agosto de 2009

Vendas de julho na China, Coreia do Sul e América do Norte anunciam crescimento em relação ao ano anterior de 101,3%, 26,5% e 7,8%, respectivamente. As vendas acumuladas em 2009 atingiram 892.916 unidades, representando um aumento de 6,4% em relação ao ano passado.

A Kia Motors Corporation anunciou hoje os números de suas vendas globais de carros de passageiros (exportações, vendas domésticas e vendas de outras plantas da Kia fora da Coreia do Sul), veículos de lazer (Recreational Vehicles) e veículos comerciais para o mês de julho de 2009, registrando um total de 143.588 unidades vendidas. Este desempenho sinaliza um aumento de 17,5% em relação ao ano passado.

Por região, a Kia anunciou aumento nas vendas em relação ao ano anterior na China (22.367 unidades vendidas, um crescimento de 101,3%), na Coreia do Sul (34.811 unidades, 26,5%) e na América do Norte (34.455 unidades vendidas, 7,8%).

No acumulado de janeiro a julho de 2009, as vendas globais da Kia cresceram 6,4% em relação ao ano anterior e alcançaram 892.916 unidades. O mercado chinês obteve o maior ganho, vendendo 119.743 unidades até agora, representando um aumento de 31,8%. A Coreia do Sul e os mercados gerais apresentaram aumento nas vendas acumuladas de 25,2% (227.335 unidades vendidas) e 12,8% (160,587 unidades), respectivamente.

Até julho, o modelo da Kia de melhor desempenho nos mercados do exterior foi o Cerato, pertencente ao segmento C (conhecido como ‘Spectra’ ou ‘Forte’ em alguns mercados), com 152.784 unidades vendidas. A seguir aparecem o SUV Kia Sportage e o Rio, do segmento B, com 94.216 e 89.388 unidades vendidas, respectivamente. Do segmento C, os modelos cee’d e o Picanto completam os cinco primeiros lugares, com – respectivamente – 72.111 e 55.165 unidades vendidas.

Em relação às categorias de veículos vendidos no exterior, os veículos Kia de lazer e os de passageiros tiveram um aumento em relação a julho do ano anterior de 21,8% (38.811 unidades) e 11,7% (67,007 unidades), respectivamente.Foto:Divulgação.