Piloto busca mais uma vitória, desta vez em Silverstone

12 de agosto de 2009

O Campeonato Inglês de Fórmula 3 se aproxima do final da temporada e realiza neste final de semana (15 e 16) a oitava rodada dupla do ano, de um total de dez. As disputas acontecem na pista de Silverstone, na Inglaterra, e o brasileiro Gabriel Dias se prepara para mais uma difícil jornada. Após vencer na National Class – divisão de base da F3 – na última corrida, em Spa-Francorchamps, na Bélgica, o piloto volta seu foco para mais uma conquista.

“Estou com a cabeça focada para ganhar corridas. Como enfrentamos alguns problemas durante a temporada, acho que a briga pelo campeonato ficou um pouco mais difícil. Por isso, quero lutar pela vitória em Silverstone”, declara o piloto. A vantagem do líder da National Class, o britânico Daniel McKenzie, para o segundo colocado Gabriel Dias, é de 65 pontos.

Embora já conheça a pista inglesa, o paranaense espera muita dificuldade em Silverstone. “Por ter ficado duas semanas sem competir, o mais importante será voltar ao ritmo de corrida”, conta. “Vamos utilizar o traçado ‘international’, não o GP – que recebe disputas da Fórmula 1 –, mas que também é muito difícil”, acrescenta.

Pela dificuldade do circuito, o piloto da equipe T-Sport acredita que o treino classificatório poderá definir os vencedores. “Como sempre digo, o objetivo é conseguir o melhor tempo possível na classificação e não se envolver em confusões durante a largada”, finaliza.

Confira como está a disputa pelo título da National Class:
1. Daniel McKenzie (GBR) – 249 pontos
2. Gabriel Dias (BRA) – 184 pontos
3. Victor Correa (BRA) – 130 pontos
4. Max Snegirev (RUS) – 80 pontos
5. Aaron Steele (GBR) – 22 pontos

A Fórmula 3 Britânica é dividida em duas classes – que correm juntas – em virtude da diferença de equipamento: na National Class os carros são de fabricação anterior aos chassis atuais e possuem algumas restrições de rendimento, servindo como porta de entrada a jovens pilotos no campeonato. Os carros da International Class disputam o campeonato principal e são sensivelmente mais rápidos. Foto: James Bearne./Divulgação.