Proton Racing Team visa melhora na classificação

20 de agosto de 2009

Neste domingo, a partir das 9h, no autódromo Virgílio Távora, na cidade do Eusébio (CE ), serão realizadas duas etapas do Campeonato Cearense de Super Turismo e uma das mais fortes equipes da competição, a Proton Racing Team, corre neste fim de semana com um só piloto. Após a transferência de Rodrigo Ventura para a DB Racing, todas as atenções na Proton vão ser voltadas para Pedrinho Virgínio. Assim, o piloto do carro 93 vai ter dedicação exclusiva da equipe capitaneada pelo Projetista e Engenheiro Pedro Virgínio, tendo André Soares (foto abaixo) como preparador, além de dois auxiliares. “Vamos  trabalhar como sempre trabalhamos só que desta vez tendo apenas um piloto para nos preocuparmos. Assim, poderemos experimentar mais ainda diversos acertos a fim de optarmos por aquele que deixar o carro mais competitivo. Vamos lutar para vencer, não nos interessa andar atrás”, afirmou  Pedro.
 
Embora tenha dedicação exclusiva da equipe, o jovem piloto de 22 anos não pretende mudar seu comportamento dentro dos boxes. Aproveitando sua formação (ele é acadêmico de Engenharia Mecânica e também estuda desenho industrial) Pedrinho acompanha todos os detalhes da preparação do ST número 93 e sempre procura passar as impressões do desempenho apresentado na pista.
 
“Acredito que o trabalho de um piloto não se restringe a ficar dentro do carro acelerando, freando e fazendo curvas. Estou atento a todos os detalhes dentro e fora da pista, sei o que foi feito e para qual finalidade aquela mudança servirá. As informações passadas por mim para a equipe servirão de parâmetro na hora de decidirmos qual será a melhor opção de set”, concluiu Pedrinho, que prometeu lutar pela sua primeira vitória neste ano.

A equipe já mostrou que é boa de recuperação e conseguiu disputar o título da classe principal em 2008 com Pedrinho, que havia iniciado mal o campeonato com várias quebras e dominou a segunda metade da competição somando quatro vitórias na temporada passada (foto da vitória na sexta etapa do ano passado, a primeira das quatro que conquistara).

“Um campeonato só acaba após a bandeirada da última corrida. Estamos vivos na competição. Já mostramos nosso poder de recuperação anteriormente e não vai ser diferente este ano”, sentenciou Pedro Virgínio, o chefe da Proton Racing Team. Fotos:Daniel Minerva/Divulgação.