Pane hidráulica tira pontos de Lucas na GP2

22 de agosto de 2009

Foi uma corrida difícil para Lucas Di Grassi (Eurobike/Schioppa) neste sábado (22) em Valência, 13ª etapa do Campeonato Mundial da Fórmula GP2. Largando em terceiro lugar, o brasileiro da Racing Engineering perdeu uma posição ao ser atrapalhado na segunda curva do circuito pelo alemão Nico Hulkenberg, que voltava à pista após errar o ponto de freada na disputa pela liderança com Vitaly Petrov.

Piloto da equipe Addax, o russo venceu a corrida e teve o alemão Hulkenberg, da ART, em segundo lugar. O mexicano Ségio Perez, da Arden, completou o pódio deste sábado na Espanha.

No entanto, Lucas disse ter sofrido com problemas nos freios durante toda a corrida. Tentando segurar a quarta posição para garantir mais cinco pontos na luta pelo campeonato, o brasileiro foi obrigado a abandonar a três voltas do final da prova, devido a um defeito no sistema hidráulico de seu carro, o que colocou fim às suas chances de pontuar neste sábado.

“Fui atrapalhado pelo (Nico) Hulkenberg na largada e perdi uma posição por isso. Mas o desempenho do carro não estava bom, porque estávamos enfrentando um problema com os freios, que são bastante exigidos em um circuito com o Valência, que tem longas retas e curvas que pedem freadas fortes. De qualquer maneira, estava bom porque seriam pontos importantes para o campeonato, mas com a quebra no finalzinho da corrida isso não foi possível”, afirmou Lucas, que com o abandono larga neste domingo da 20ª colocação.

“Com isso o campeonato começa a ficar cada vez mais complicado. Mas sei que ainda tenho chances e não vou desistir enquanto o título não estiver matematicamente decidido. Amanhã teremos outra oportunidade de tentar alguns pontos”, disse. A corrida deste domingo (23),  terá transmissão ao vivo pelo canal por assinatura SporTV2, a partir das 5h30 (horário de Brasília). Foto:Divulgação.