Rally universitário movimenta a cidade de Americana (SP)

23 de agosto de 2009

No dia que teve sambadinha de Rubens Barrichello no GP da Europa, em Valência, o Rally Universitário Fiat promoveu uma verdadeira festa brasileira em Americana(SP). Um ambiente de descontração e alegria tomou conta da cidade do interior de São Paulo com cerca de 200 mil habitantes e aqueceu o domingo chuvoso, com temperatura em torno de 13º. Participaram da sexta prova da temporada 135 carros e 329 competidores, entre pilotos, navegadores e zequinhas, que possibilitaram a arrecadação de 1317 latas de leite em pó, doadas ao Fundo Social de Solidariedade de Americana. A vencedora da Universitário foi a equipe formada por Flávio Fernandes/ Nelson Felipe Garcia / Elaine Rezende, com 16 pontos. “Esta foi a nossa segunda participação. Na primeira, em Jaú, há dois anos, ficamos em sexto,.com 56 pontos. Apesar da vitória, achei a outra prova mais fácil”, contou Nelson.
A prova de 130 quilômetros e 3h40mim de duração passou pelos municípios de Americana, Artur Nogueira, Cosmópolis, Hollambra e Paulínia. A chuva que caiu na região deixou alguns trechos de terra batida com poças, apimentando a disputa que contou com participantes de diversos municípios próximos, como Campinas, Santa Bárbara do Oeste, Loureira, Jundiaí e Barueri, entre outros. Muitos deles participaram de seu primeiro rally, como o trio formado por Vanessa Cerne, Leda Dias e a árbitra de futebol e jornalista Ana Paula de Oliveira, que, após divulgar o evento em seu programa na rádio CBN de Campinas, também quis competir. “Sempre tive a curiosidade de participar de uma prova como esta. Achei mais fácil do que imaginava”, contou Ana Paula. Ela e equipe ficaram com o prêmio de Destaque Feminino, com 676 pontos.
Entre os pilotos de primeiro rally, também estava José Eduardo Zuliani. Aos 44 anos, o paulistano pode, enfim, realizar um sonho antigo, ao lado da filha Vanessa, navegadora, e da esposa Miriam, zequinha. Quem proporcionou esta oportunidade foi Vanessa, que descobriu o evento pela internet  e deu de presente no dia dos pais um cartão com um “vale a participação no rally”. Feliz,  José Eduardo contou que estava “aproveitando o presente” e já fazia planos para participar de outras provas. “Este presente é um incentivo para que ele alimente seu sonho e passe o desfrutar do que sempre quis”, contou Miriam. A equipe ficou em terceiro, com 103 pontos. “Fiquei espantado com tamanha organização. Com certeza, foi a porta aberta para outras participações”, contou José Eduardo.
Mesmo com a perna quebrada, Fábio Ponce foi um dos que aproveitaram a chegada do evento à sua cidade para ingressar na competição. “Já participei de disputas de motos e não podia perder esta oportunidade. Como a perna quebrada me impede de dirigir, vou como navegador de minha namorada, Michelle Santos”, contou Fábio.
No grupo dos que moram fora do estado de São Paulo, estavam competidores de Brasília, Uberlândia(MG), Nova Friburgo(RJ) e Rio de Janeiro. Aliás, a dupla carioca Rodrigo Lamas / Isabelle Galvão foi uma das que ganharam prêmios do evento antes mesmo do início da disputa. Eles aproveitaram a promoção para os que acompanham o evento pelo twitter e chegaram à secretaria de prova, sábado, com a senha pedida na ponta da língua: “Fiat Strada Adventure cabine dupla”. Eles haviam participado do evento pela primeira vez na prova deste ano em Teresópolis. “Como Americana não é tão longe, conseguimos repetir a dose”, explicou Rodrigo. Crédito fotos: Rodrigo Cancela/Divulgação.