Felipe Massa lança Racing Festival em São Paulo

3 de setembro de 2009

Com a presença do padrinho e principal incentivador Felipe Massa, o Racing Festival foi lançado nesta quarta-feira (02) em São Paulo (SP). Durante o evento, que contou com a presença maciça da imprensa, foram revelados detalhes da competição e os carros das categorias Formula Future Fiat, direcionada a novos talentos, e Trofeo Linea. O evento tem início previsto para abril de 2010 e deve passar por seis Estados, promovendo um total de 12 corridas na temporada, sendo que haverá ainda uma classe direcionada às motocicletas, com a 600 Super Sport.

O lançamento contou ainda com a presença de Cledorvino Belini, presidente da Fiat para a América Latina, patrocinadora do evento, Cleyton Pinteiro, presidente da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA), Felipe Giaffone, da JL, empresa responsável pela parte técnica da classe Formula Future Fiat, e Titônio Massa, Dudu Massa e Carlinhos Romagnolli, da RM Racing Events, empresa organizadora do Racing Festival.

“Essa competição vai ser bem importante. A classe Formula Future Fiat chega para os jovens pilotos em um formato completo, para que todos ganhem experiência profissional. Já o Trofeo Linea será extremamente competitivo, decidido em décimos. Até eu, depois que terminar o ano, posso participar do Trofeo Linea. Como padrinho, eu vou dar minha opinião para melhorar em tudo que for possível no Racing Festival. Houve outras competições similares no passado, que eu inclusive participei, porém o automobilismo entrou em declínio. Com o aparecimento do Racing Festival e o apoio dos patrocinadores, será um novo incentivo para o esporte nacional, que certamente voltará a crescer ”, explicou Felipe Massa.

As expectativas da Fiat são as melhores possíveis. “A Fiat tem uma longa história nos campeonatos de automobilismo. Temos DNA esportivo, controlamos equipes como a da Ferrari, Maseratti e Alfa Romeo e temos ainda uma longa tradição com a família Massa, pois eles participavam de campeonatos promovidos pela Fiat. Participar do Racing Festival traz grande visibilidade para a marca, além de podermos testar e desenvolver novas tecnologias na pista”, disse Belini.

O Racing Festival vai cobrir uma lacuna no segmento automobilístico. “O Formula Future é uma novidade bem interessante porque serve de escola para os jovens pilotos que saem do Kart e podem se preparar para competições nacionais e internacionais. Vamos incentivar a revelação de novos talentos. Esta classe cobre a carência que existia no automobilismo, já que atualmente não há uma categoria para jovens pilotos”, lembrou Titônio Massa.

Outro ponto positivo da Formula Future Fiat é o custo baixo com relação aos eventos da categoria. “A classe atenderá pilotos de 16 a 20 anos, com uma competição de baixo custo. Eles encontrarão tudo pronto com o custo anual de 250 a 300 mil reais, numa competição de 12 etapas em seis circuitos. O pacote inclui tecnologia de ponta, preparação dos carros e suporte além das pistas, como dicas de preparação física e treinamento para atender a imprensa”, acrescentou Carlinhos Romagnolli. Sobre as motocicletas, o objetivo é fortalecer o esporte. “Esta categoria de motociclismo estará junto com as outras duas do automobilismo para ter mais visibilidade do esporte no país”, concluiu o empresário.

As categorias

Formula Future Fiat: Categoria para jovens talentos darem andamento na carreira de piloto com carros 0km importados da França, com motores FPT e o que há de mais moderno no mundo dos fórmulas. A grande vantagem desta categoria é o baixo custo, viabilizando assim a continuidade dos pilotos que saem do kart fazerem uma boa escola nos fórmulas para chegarem ao exterior com uma grande experiência em carros de última geração.

Trofeo Linea: Uma nova opção da categoria turismo no cenário das competições. A máquina utilizada será o Fiat Línea – um sucesso nas ruas que vai para as pistas em um campeonato de alto nível e baixo custo. Os carros com motores de 1.4 16v turbo levarão às pistas disputas emocionantes entre pilotos renomados no automobilismo nacional.

600 Super Sport: A motovelocidade também vai movimentar o Racing Festival com uma categoria, que será composta por 10 equipes, cada uma formada por dois pilotos. O regulamento irá proporcionar condições de igualdade dos equipamentos. Esta categoria chega para fortalecer o motociclismo no país.

O Racing Festival tem patrocínio da Fiat, co-patrocínio de Pirelli e FPT, homologação da Confederação Brasileira de Automobilismo e realização da RM Racing Events, empresa responsável ainda pelo Desafio Internacional das Estrelas de Kart. Fotos: