Scuderia 111 conta com consultor técnico no Itaipava Trofeo Maserati

4 de setembro de 2009

Experiência e conhecimento não fazem mal a ninguém. É com este intuito que a Scuderia 111 conta com o auxílio de Rafael Daniel no Itaipava Trofeo Maserati. Para o chefe do time, Carlos Chiarelli, o piloto profissional, que atua como uma espécie de consultor técnico, ajuda bastante os membros da equipe.

“Durante a semana da corrida, ele (Rafael Daniel) testa o carro e a equipe faz um pré-acerto. Depois, no fim de semana, os pilotos fazem o acerto fino, de acordo com a pilotagem de cada um e com as condições da pista. Além disso, nos fins de semana de corrida ele observa o desempenho dos pilotos da equipe e orienta onde cada um pode melhorar sua volta”, contou.

Este tipo de trabalho não é nenhuma novidade para Daniel, que disputa a temporada regular da Copa Vicar. Na temporada passada, ele já prestava este tipo de serviço, mas no começo do ano, quando surgiu o convite do chefe da Scuderia 111, o paulista aceitou o desafio de auxiliar a equipe e acabou assumindo o papel de braço direito de Chiarelli durante os fins de semana de corrida.

“Na verdade, isso pintou no começo do ano. Em 2008 eu já fazia isso, mas em outro time. Neste ano, pintou o convite da (Scuderia) 111. Eles tinham dois carros (com o Bruno Garfinkel e o Ricardo Ribeiro), depois fecharam o terceiro, com o Edu Guedes, e eu trouxe o Claudio Dahruj e o Renan Guerra para o quarto carro da equipe. Para não diminuir a atenção a cada piloto, o Carlão (Chiarelli) me chamou para ajudar na parte técnica e teórica. Dar um suporte aos pilotos e também fazer essa parte de acerto do carro nos treinos”, disse o piloto.

“Como eles são gentlemen drivers e têm outras atividades, não têm tempo pra treinar, nem para testar. Então eu entrei para suprir essa necessidade, para fazer esse papel de piloto de testes durante a semana que antecede as provas. Nos fins de semana de corrida, eu fico ajudando o Carlão. Ajudo a ler a telemetria durante os treinos e na hora da corrida dividimos dois pilotos para cada um, pois como tem um pit stop obrigatório durante a prova, é impossível uma pessoa só coordenar quatro paradas”, relatou.

A Scuderia 111 tem um primeiro lugar na atual temporada com a dupla Cláudio Dahruj/Renan Guerra conquistado na etapa de Londrina. Além da vitória, os pilotos do carro 37 largaram duas vezes na pole position. Ambas aconteceram no circuito de Interlagos, uma segunda etapa da temporada e outra na última corrida disputada, no último dia 23. A equipe tem ainda oito top 5 no campeonato, até o momento. O time chefiado por Carlos Chiarelli ocupa ainda a segunda colocação na disputa de equipes com 71 pontos, 28 a menos que o Itaipava Racing Team.