Além da queda, coice. Nelsinho deve ser processado pela Renault

11 de setembro de 2009

Depois de divulgada carta de Nelsinho Piquet revelando armação da equipe Renault de Fórmula Um, o presidente da montadora francesa afirmou pretender processar o brasileiro. A informação foi divulgada pela TV norte-americana Speed TV, especializada em automobilismo, na noite desta quinta (10) (Horário de Brasília).

Carlos Ghosn, que também é brasileiro e preside a Renault, se reuniu com o chefe da escuderia Flavio Briatore para pedir explicações sobre os fatos que culminaram com a vitória de Fernando Alonso no GP de Cingapura do ano passado. Irritado, Ghosn chegou a cogitar a possibilidade de processar o piloto Nelsinho Piquet. Outra preocupação do dirigente é quanto à imagem da Renault, o que deu mais munição à boataria em torno da saída da equipe da Fórmula Um.