Super GT: corrida de João Paulo é atrapalhada pelo companheiro de equipe

13 de setembro de 2009

O brasileiro João Paulo de Oliveira (Nissan) não conseguiu somar pontos na sétima etapa do Campeonato Japonês de Super GT, disputada domingo (13) no autódromo de Fuji, no Japão. Depois de ter liderado a prova, logo que assumiu o Nissan GT-R seu companheiro de equipe atropelou uma porta que se soltou de um carro a frente. “É realmente uma pena, pois perdendo pontos assim ninguém ganha título. Porém, continuarei na luta até o fim. Enquanto tivermos chances, continuo acreditando”, desabafou o brasileiro, que terminou na 13ª posição e agora ocupa a décima posição no certame.

A vitória foi da dupla Ralph Firman (GBR)/Takuya Izawa (JAP), com Honda NSX, que haviam largado da 12ª posição. Com o resultado, pularam da nona para a terceira posição no campeonato, com 53 pontos. Em segundo terminou Benoit Treluyer (FRA)/Satoshi Motoyama (JAP), com Nissan GT-R, que continuam ocupando as duas primeiras posições no pontuação. Motoyama tem 63, enquanto que Treluyer soma 58 pontos.

João Paulo de Oliveira largou em quinto, fez ultrapassagens e vinha em segundo. Sua equipe decidiu prorrogar a parada e o brasileiro assumiu a liderança até o pitstop. “Quando meu companheiro (Seiji Ara) entrou na pista, ele não conseguiu desviar da porta que estava solta na pista, que acertou o capô e cortou a ignição”, explicou. “Incrível, mas são coisas que podem acontecer. Hoje fiz o possível e entreguei o carro com grandes chances de pódio, mas, bola pra frente!!”, encerrou JP, como e paulista é conhecido no Oriente.

Resultado da sétima etapa da Super GT em Fuji:

1 Ralph Firman (GBR)/Takuya Izawa (JAP), Honda NSX (B), 66 voltas em 1h49min39s143;
2 Benoit Treluyer (FRA)/Satoshi Motoyama (JAP), Nissan GT-R (B), a 1s761;
3 Andre Lotterer (ALE)/Jyuichi Wakisaka (JAP), Lexus SC430 (B), a 3s151;
4 Toshihiro Kaneishi (JAP)/Koudai Tsukakoshi (JAP), Honda NSX (B), a 19s619;
5 Bjorn Wirdheim (SUE)/Daisuke Ito (JAP), Lexus SC 430 (B), a 29s553;
6 Ronnie Quintarelli (ITA)/Hironobu Yasuda (JAP), Nissan GT-R (M), a 38s115;
7 Hiroaki Ishiura (JAP)/Kazuya Oshima (JAP), Lexus SC 430 (B), a 45s332;
8 Ryo Michigami (JAP)/Takashi Kogure (JAP), Honda NSX (B), a 1min10s759;
9 Loic Duval (FRA)/Yuki Nakayama (JAP), Honda NSX (D), a 1min26s847;
10 Richard Lyons (IRL)/Yuji Tachikawa (JAP), Lexus SC 430 (B), a 1 volta;
11 Andre Couto (POR)/Hohei Hirate (JAP), Lexus SC430 (D), a 1 volta;
12 Yuji Ide (JAP)/Shinya Hosokawa (JAP), Honda NSX (B), a 1 volta;
13 João Paulo de Oliveira (BRA)/Seiji Ara (JAP), Nissan GT-R (Y), a 2 voltas;
14 Akihiro Tsuzuki (JAP)/Takeshi Tsuchiya (JAP), Aston Martin (Y), a 3 voltas;
15 Sebastian Philippe (FRA)/Matsuda Tsugio (JAP), Nissan GT-R (B), a 5 voltas.

Confira a classificação da Super GT após sete etapas:

1 Satoshi Motoyama (JAP), Nissan GT-R (B), 63;
2 Benoit Treluyer (FRA), Nissan GT-R (B), 58;
3 Ralph Firman (GBR)/Takuya Izawa (JAP), Honda NSX (B), 53;
3 Andre Lotterer (ALE)/Jyuichi Wakisaka (JAP), Lexus SC430 (B), 53;
5 Ronnie Quintarelli (ITA)/Hironobu Yasuda (JAP), Nissan GT-R (M), 46;
6 Ryo Michigami (JAP)/Takashi Kogure (JAP), Honda NSX (B), 43;
7 Richard Lyons (IRL)/Yuji Tachikawa (JAP), Lexus SC 430 (B), 41;
8 Toshihiro Kaneishi (JAP)/Koudai Tsukakoshi (JAP), Honda NSX (B), 40;
9 Hiroaki Ishiura (JAP)/Kazuya Oshima (JAP), Lexus SC 430 (B), 38;
10 João Paulo de Oliveira (BRA)/Seiji Ara (JAP), Nissan GT-R (Y), 37;
11 Sebastian Philippe (FRA)/Matsuda Tsugio (JAP), Nissan GT-R (B), 32;
12 Bjorn Wirdheim (SUE)/Daisuke Ito (JAP), Lexus SC 430 (B), 26;
13 Andre Couto (POR)/Hohei Hirate (JAP), Lexus SC430 (D), 21;
14 Yuji Ide (JAP)/Shinya Hosokawa (JAP), Honda NSX (B), 21;
15 Loic Duval (FRA)/Yuki Nakayama (JAP), Honda NSX (D), 11;
16 Michael Krumm (ALE), Nissan GT-R (B), 5;
17 Katsutomo Kaneishi (JAP), 1