F-Truck faz a primeira corrida fora do Brasil correndo com a Top Race na Argentina

14 de setembro de 2009

Na temporada logo após a virada do século, o criador da Fórmula Truck Aurélio Batista Félix anunciou para as equipes e pilotos que deveria fazer em breve a primeira corrida fora das fronteiras brasileiras. O ano 2000 prometia mesmo com a evolução precoce em que a categoria de caminhões brasileira passava e se posicionava no cenário nacional. Mas até aí, acreditar que os F-Truck estariam correndo no tradicional circuito Oscar Valdez em Buenos Aires, muita água tinha que rolar. E rolou como previu e trabalhou o fundador da F-Truck. O encontro acontecido mais tarde entre Aurélio e o piloto argentino Gaston Mazzacane evoluiu rapidamente para um acordo que iniciou com a participação em algumas provas da Truck do consagrado piloto argentino.

Levado a frente por Neusa Félix após a morte de seu marido Aurélio no início de 2008, a parceria com o automobilismo argentino foi confirmada neste ano, com a Top Race correndo em Interlagos junto com a F-Truck no dia 19 de julho. Agora é a vez da categoria de caminhões correr junto com a Top Race (foto) em Buenos Aires. Será no próximo dia 20 de setembro no Racing Day preparado pelos organizadores argentinos com denominado “A corrida do ano”.

O comboio de carretas levando os F-Truck e parte da estrutura da organização já está na Argentina e aguardam para entrar no autódromo Oscar Galvez nesta segunda feira (14).

A empolgação não poderia ser menor, as equipes se prepararam com bons ensaios em diversos circuitos e se preocuparam com o visual para a apresentação inédita no circuito em que nunca estiveram. Os F-Truck foram totalmente revisados mecanicamente e com suas pinturas refeitas para a etapa de Buenos Aires. “’É um marco para a categoria que já tem o sucesso reconhecido no Brasil e vai mostrar um desenvolvimento tecnológico e estrutural único no mundo em termos de corrida de caminhões”, diz com entusiasmo o mais antigo piloto da categoria, Renato Martins, também dono da RM Competições Volkswagen. Ele carrega no vasto currículo a primazia de ser o maior vencedor da categoria – 27 vitórias, além de duas vezes campeão, 1996 e 2006.
O tetra campeão da F-Truck, o paranaense Wellington Cirino (Mercedes-Benz) também se mostra animado para essa prova no circuito número 8 do tradicional circuito Oscar Valdez. Cirino junto com o Aurélio foi o responsável pela escolha do traçado de 3.380 metros de extensão. “Vai ser um grande evento e o traçado foi escolhido por ter uma largura que possibilita ultrapassagens e duas retas onde os F-Truck devem andar acima de 200 km/h. Ficaria muito feliz de vencer a prova no circuito que eu mesmo escolhi”, conta Wellington Cirino (foto).

Para Roberval Andrade (Scania), além da novidade de correr pela primeira vez fora do Brasil, o lado do campeonato continua inserido em seus planos para a sétima etapa. Afinal ele vem de uma vitória em Interlagos, São Paulo e um segundo lugar em Londrina, no Paraná que o colocou em terceiro na tabela de classificação com 93 pontos. “Agora é para valer e trabalhamos para chegar à frente. Sem contar que se eu vencer em Buenos Aires vou ficar para a história”, lembra o campeão da F-Truck de 2002. A sua frente estão dois fortes concorrentes da RM Competições Volkswagen, o líder Valmir Benavides com 128 pontos e Felipe Giaffone, segundo colocado, com 109 que também vêm a etapa da Argentina como uma grande evolução da F-Truck brasileira e para um publico seleto. “O público argentino é tradicionalmente um amante de corridas de automóveis e motores preparados. Eles gostarão muito de ver a preparação dos motores da F-Truck com a velocidade e o som de equipamentos de competição de primeira”, lembra Felipe Giaffone.

Mesmo antenado na disputa pelo título, o atual líder Valmir Benavides (foto) reconhece o grande evento em Buenos Aires para a F-Truck e mostra sua visão pelo lado do campeonato. “Não vou correr preocupado com o campeonato, a diferença de pontos é pequena e vou tentar marcar mais um pódio e fechar o ano com pódio em todas as corridas. Ou quem sabe ser campeão, né”, comenta Hisgué, como é conhecido e que nesta temporada esteve em todas as provas no pódio, com uma vitória, um segundo, dois terceiro e um quarto lugares.
O Campeonato Brasileiro de F-Truck segue com a 7ª etapa com a classificação apresentando o seguinte panorama.

Classificação do campeonato após 6 etapas: 1 Valmir Benavides, 128 pontos; 2 Felipe Giaffone, 109 pts.; 3 Roberval Andrade, 93 pts.; 4 Wellington Cirino, 80 pts.; 5 Renato Martins, 70 pts.; 6 Geraldo Piquet, 69 pts.; 7 Djalma Fogaça, 54 pts.; 8  Vignaldo Fizio, 42 pts.; 9 Beto Monteiro, 37 pts.; 10 Danilo Dirani, 31 pts.; 11 Fabiano Brito e Fred Marinelli, 27 pts.; 13 Adilson Cajuru, 25 pts.; 14 João Maistro, 20 pts.; 15 Pedro Muffato, 17 pts.; 16 José cangueiro, Leandro Reis e Débora Rodrigues, 14 pts.; 19 José Maria Reis, 7 pts.; 20 Urubatan Helou, Gaston Mazzacane e Adalberto Jardim, 5 pts.; 23 Regis Boessio, 4 pontos.

Campeonato de marcas: 1 Volkswagen, 318 pontos; 2 Mercedes-Benz, 196 pts.; 3 Scania, 131 pts.; 4 Iveco, 89 pts.; 5 Volvo, 82 pts. e 6 Ford, 69 pontos.

A prova terá transmissão direta pela Rede Band de TV, com narração de Téo José, comentários de Edu Homem de Mello e reportagens de Luiz Silvério. A transmissão ao vivo começa às 13h00.

O site www.formulatruck.com.br tem sempre informações atualizadas da F-Truck. Fotos: Orlei Silva/Divulgação.