Paulo Valiengo estréia coluna no Carros e Corridas

14 de setembro de 2009

É com muita alegria que comunico aos internautas leitores do site Carros e Corridas, que a partir de hoje, vamos contar com mais um colaborador.

Trata-se do Jornalista e ex-piloto fundador da Stock Car em 1979.

Estou falando do paulistano Paulo Valiengo, um veterano no automobilismo brasileiro com mais de 40 anos de militância no automobilismo. Nesses anos exerceu praticamente todas as funções na Stock Car, piloto, dono de equipe, spoter, chefe de equipe e agora assessor de imprensa empresarial e pessoal em automobilismo, além de colunista deste site. Paulo também escreve regularmente para jornais, revistas e mantém um blog paulovaliengocomunicacao.blogspot.com especializado em automobilismo de competição.

Acompanhem a primeira coluna de Valiengo.

Robério Lessa/Editor

Rio de Janeiro, a próxima etapa da Stock Car -uma breve história do autódromo.

Olá, moçada!

No próximo domingo, dia 20 de setembro, será realizada a 7ª etapa da Copa Nextel Stock Car, no Autódromo Internacional Nelson Piquet, em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro. Todas as demais categorias que compõem o evento Stock Car, a saber, Copa Vicar, Pick Up Racing e Stock Jr também se apresentarão nesta etapa. Exatamente há 32 anos, esse autódromo foi reinaugurado, após uma grande reforma para que pudesse receber a Fórmula Um.

O primeiro piloto a andar no novo circuito, foi o paulistano e meu ex-companheiro de equipe, Alfredo Guaraná Menezes, na época campeão brasileiro da super Vê, a mais importante e disputada categoria de fórmulas do automobilismo brasileiro. Ele foi convidado para avaliar as condições da pista, que como disse, iria receber o GP Brasil de Fórmula Um, em substituição ao Autódromo de Interlagos, em São Paulo.

O Guaraná era sem dúvida nenhuma, o piloto mais respeitado da época no Brasil, porque no início da temporada de 1.977, foi chamado para guiar na mesma equipe do campeão da super Vê, Nelson Piquet, (o pai) que estava de partida para a Inglaterra, para disputar o duríssimo campeonato europeu de Fórmula três. Além de não se intimidar por ocupar o lugar do campeão, venceu o campeonato de 1977 e repetiu a dose em 1978.

Aliás, foi o primeiro piloto a vencer uma corrida no Rio de Janeiro e a estrear o mais alto lugar do pódio. Atualmente é dono da equipe A. Guaraná Sports, que disputa a Copa Vicar.

O carioca Nelson Piquet, todos nós sabemos, deu certo e fez uma carreira brilhante no automobilismo internacional, conquistando três títulos na Fórmula Um, em 1981, 83 e 87, e emprestou seu famoso nome aos autódromos de Brasília e de Jacarepaguá.

Em 1978, também em Jacarepaguá, o grande Emerson Fittipaldi, bi-campeão mundial, obteve a melhor colocação, o segundo lugar, do Copersucar F5A, da única e inédita equipe brasileira de Fórmula Um, a Copersucar Fittipaldi.

Nesse mesmo autódromo, vinte anos depois de sua inauguração, o bi-campeão brasileiro de Stock Car, o carioca Cacá Bueno (fotos), conseguiu sua primeira vitória na geral da Stock, de grande e inquestionável valor, na medida em que ainda participava da categoria “B”. Mesmo assim, venceu todos os demais experientes concorrentes da “A”, feito jamais conseguido por qualquer outro piloto da categoria “B”, que havia sido criada para pilotos estreantes e novatos. Nessa temporada de 1997, Cacá venceu sete corridas e conquistou o título de campeão brasileiro da Stock Car “B”.

Esse título de Cacá Bueno na Stock Car “B”, antiga Light, foi o passaporte para ser convidado à participar do fortíssimo automobilismo sul-americano, onde arrebatou inúmeras vitórias e o título de Campeão Sul-Americano de Super Turismo. Capitalizou grande experiência, maturidade e profissionalismo, que certamente facilitaram a sua conquista dos títulos consecutivos na Stock Car, em 2006 e 2007.

Por outro lado, curiosamente no Estado do Rio de Janeiro, mais especificamente no Município de Petrópolis, estão sediadas algumas das mais importantes equipes da Copa Nextel Stock Car. Na verdade, das dezeseis equipes da categoria, sete estão localizadas na imperial cidade serrana.

Em função dos Jogos Pan-americanos de 2007, o autódromo passou por uma grande intervenção, para dar lugar ao Complexo Esportivo Cidade dos Esportes, e, teve sua pista bastante reduzida, deixando de ter a curva norte, uma das mais desafiadoras do circuito. Entretanto, o autódromo ainda possui o circuito “oval”, que foi palco de provas de Fórmula Indy.

Sendo assim, vamos ver se o carioca Cacá Bueno, consegue manter a liderança do campeonato, obtida com a vitória na última etapa, no circuito de “rua” de Salvador e vence novamente num autódromo em que ele tanto conhece. É óbvio que não será uma empreitada fácil, por que existem outros 31 pilotos tão competentes quanto ele, ávidos pelo primeiro lugar do pódio . É isso aí. Até a próxima.

Paulo Valiengo.

Escreva para o colunista: paulinhoxx@yahoo.com.br
visite: paulovaliengocomunicacao.blogspot.com 

*A coluna publicada neste site expressa a opinião de seu autor.