Pilotos terão muito trabalho no 1º dia de treinos na Argentina

17 de setembro de 2009

Circuito desconhecido, trabalho em dobro. É assim que o tetracampeão Wellington Cirino encara o primeiro dia de treinos para a etapa argentina da Fórmula Truck, a serem realizados amanhã (sexta-feira), no Autódromo Oscar Galvez, em Buenos Aires. A prova será disputada no próximo domingo, valendo pela sétima etapa da temporada. A largada será às 13 horas (horário de Brasília), com transmissão ao vivo pra o Brasil pela Rede Bandeirantes.

Segundo Wellington Cirino, da equipe ABF/Mercedes-Benz, como os pilotos não conhecem o circuito, terão que aproveitar ao máximo os dois treinos livres desta sexta-feira para acertarem a suspensão, escolher o cardã ideal para a pista e optar a melhor combinação de relação de marchas. “Será um dia de muito trabalho para toda a equipe. À medida que você decide mudar alguma configuração, são os técnicos que passam a trabalhar em ritmo acelerado para que possamos voltar à pista o mais rápido possível. Precisamos aproveitar muito bem o primeiro dia de treinos. Quem encontrar primeiro o melhor acerto para o circuito de 3.380 metros, tem as maiores possibilidades de conquistar a pole position no sábado”, afirma Cirino.

A prova de Buenos Aires também tem um valor sentimental para Cirino. Por isso busca terminar entre os três primeiros como forma de homenagear Aurélio Batista Felix, criador da categoria, que faleceu no ano passado. “Realizar uma corrida na Argentina era um sonho do Aurélio. Lhe acompanhei nas primeiras viagens que fez a Buenos Aires para viabilizar a corrida. Infelizmente ele não estará no autódromo, cuidado de tudo como sempre fazia, mas sua família estará à frente de tudo e quero estar no pódio, de preferência com uma vitória, para homenageá-lo”, finaliza Cirino. Foto:Orlei Silva/Dilvugação.