Mesmo com problemas no carro, Geronimi mostra bom desempenho em Barcelona

19 de setembro de 2009

Brasileiro teve a asa traseira quebrada na primeira volta e, apesar da dificuldade, conseguiu ser mais veloz do que o seu companheiro de equipe

O equilíbrio demonstrado no treino classificatório para a oitava rodada dupla do Campeonato Europeu de Fórmula 3, nesta sexta-feira (18), quando quase todos andaram no mesmo segundo, se transformou em afobação por parte de alguns pilotos logo no início da primeira corrida do final de semana, neste sábado (19), em Barcelona (ESP). O brasileiro Tiago Geronimi largou na décima posição e, antes mesmo da primeira curva, foi atingido por um acidente que atrapalhou seus planos no circuito da Catalunha.

Na freada da primeira curva do traçado espanhol, o britânico Nick Tandy se enroscou com o monegasco Stefano Coletti, que bateu na traseira de Geronimi, quebrando a asa traseira do competidor brasileiro. Na confusão, quatro carros abandonaram a prova e o safety car entrou na pista. Com isso, logo na volta inicial, o brasileiro caiu para a 13ª posição. “Não consegui ver nada, só senti a pancada. Com a batida, a performance do carro ficou comprometida. A asa traseira quebrada me trouxe problemas nas curvas de alta. Do jeito que a asa traseira se inclinou com a batida, o balanço aerodinâmico ficou muito prejudicado, fazendo o carro sair muito de frente”, conta o piloto da equipe Signature.

Mesmo com o problema de equilíbrio no carro, Geronimi continuou evoluindo. Ele ultrapassou o dinamarquês Johan Jokinen e algumas voltas depois superou o britânico Tim Sandtler. “Mesmo com a dificuldade em controlar o carro nas curvas de alta, consegui ser mais rápido do que o meu companheiro de equipe Mika Maki”, comenta o piloto, que fechou a disputa em 11º e fez sua melhor volta em 1min08s052, contra 1min08s053 de seu parceiro finlandês.

Para a corrida que complementa a rodada dupla de Barcelona, neste domingo (20), Tiago Geronimi espera conseguir escapar ileso das confusões na largada. “Uma situação como essa é bem difícil. Larguei na décima posição, mas fui atingido por trás, ou seja, não tive como evitar a batida. Para amanhã espero que a largada seja mais tranquila”, finaliza Geronimi.

A etapa de domingo tem largada prevista para as 5h30, no horário de Brasília. Confira a relação dos melhores na primeira corrida do final de semana:

1. Jules Bianchi (França) – 25 voltas em 30min22s894
2. Alexander Sims (Grã Bretanha) – a 01s071
3. Andrea Caldarelli (Itália) – a 03s212
4. Valtteri Bottas (Finlândia) – a 03s.877
5. Henkie Waldschmidt (Holanda) – a 05s560
6. Christian Vietoris (Alemanha) – a 09s938
7. Basil Shaaban (Líbano) – a 20s138
8. Renger van der Zande (Holanda) – a 20s954
9. Roberto Merhi (Espanha) – a 24s852
10. Mika Mäki (Finlândia) – a 28s165
11. Tiago Geronimi (Brasil) – a 31s231