Stock Car: definição da Super Final será em Campo Grande

23 de setembro de 2009

No dia 4 de outubro será disputada a oitava etapa da Copa Nextel Stock Car. A cidade de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, será a última etapa da primeira fase, ou seja, aquela que definirá os dez pilotos que continuarão na briga pelo título da principal categoria do automobilismo nacional. Na verdade, três vagas já têm dono: o carioca Cacá Bueno, da Red Bull Racing (Peugeot), com 114 pontos; Marcos Gomes, da Dolly Racing (Chevrolet), 77; e Valdeno Brito, RCM Motorsport (Peugeot), 66. As outras sete estão sendo disputadas por nada menos que 17 pilotos, todos ainda com chances matemáticas. Com isso, a prova na capital sul-mato-grossense tem tudo para ser emocionante, já a partir dos treinos livres.

A etapa terá transmissão ao vivo pela Rede Globo de Televisão, dentro Esporte Espetacular, a partir das 11h (horário de Brasília, 10h em Campo Grande). A programação em Campo Grande ainda prevê a disputas das outras divisões da Stock Car, a Copa Vicar, em sua sexta etapa, a Stock Jr, com a sétima corrida, e a Pick Up Racing, com a quinta prova do ano.

A etapa do Rio de Janeiro, no último domingo, deu uma boa amostra do que o público de Mato grosso do Sul pode esperar da Copa Nextel Stock Car. A vitória de Daniel Serra, da Red Bull Racing marcou o sétimo piloto diferente a subir ao topo do pódio, confirmando a competitividade da categoria. Mais do que isso, viu a movimentação de pilotos e equipes na busca por uma vaga na próxima fase.

Os 17 pilotos com chances apostam no histórico da categoria para continuar se dedicando ao máximo. Quem não se lembra da temporada 2007, quando justamente o piloto da casa, Hoover Orsi, tinha apenas 1% de chance de chegar à Super Final, já que tinha de vencer e torcer por uma combinação incrível de resultados. Pois o que parecia improvável aconteceu e ele conseguiu passar para a fase seguinte.

Desta vez, essa é a situação do paranaense Alceu Feldmann, que tem 17 pontos e é o último dentro das “chances matemáticas”. Sua missão não é nada fácil: largar na pole positon (garantindo o bônus de três pontos), vencer e torcer contra praticamente todos que estão na sua frente. Mesmo sendo bem complicado, parece difícil alguém dizer que o piloto está fora da briga. Como se vê, a etapa promete. Foto:Fernanda Freixosa.

A relação de pilotos com vaga assegurada e ainda na luta é a seguinte:

1 – Cacá Bueno, 114 pontos (classificado)
2 – Marcos Gomes, 77 (classificado)
3 – Valdeno Brito, 66 (classificado)
4 – Ricardo Maurício, 63
5 – Max Wilson, 62
6 – Átila Abreu, 59
7 – Daniel Serra, 58
8 – Luciano Burti e Antonio Pizzonia, 51
10 – Allam Khodair, 44
11 – Thiago Camilo e Xandinho Negrão, 43
13 – Antonio Jorge Neto, 42
14 – Paulo Salustiano, 38
15 – Ricardo Sperafico, 32
16 – Giuliano Losacco, 26
17 – Nonô Figueiredo, 24
18 – Lico Kaesemodel, 22
19 – Duda Pamplona, 18
20 – Alceu Feldmann, 17