Punições modificam grid de largada na Fórmula Um

3 de outubro de 2009

A direção do Grande Prêmio do Japão decidiu punir os pilotos Jenson Button, Rubens Barrichello,  Fernando Alonso, Adrian Sutil e Sebastien Buemi por terem ignorado as bandeiras amarelas no final da tomadas de tempo para o Grande Prêmio nipônico. As punições foram decididas após análise da telemetria dos carros na qual ficara comprovado que eles não diminuíram a velocidade por conta da bandeira amarela, motivada por um acidente com  a Toro Roso de Sebastien Buemi. Além disso, Heikki Kovalainen, da McLaren perdeu cinco posições por trocar a caixa de marcha, a mesma razão para a penalização de Vitantonio Liuzzi.
Outro piloto que terá perda de posicionamento, caso possa competir, neste domingo (4), será Timo Glock, que terá de usar um novo chassi por conta do acidente sofrido neste sábado (3) durante a qualificação. Assim Glock deverá largar atrás de Mark Webber, que sairá dos boxes.
A pole ficou com o alemão Sebastian Vettel. A largada do GP do Japão de Fórmula 1 será às 2h (Horário de Brasília).
Com relação à disputa pelo título, Jenson Button pode conquistar o Mundial de pilotos nesse domingo se somar cinco pontos mais que seu companheiro na Brawn GP, o brasileiro Rubens Barrichello. Barrichello, que já venceu em Suzuka com a Ferrari em 2003, vai largar na frente de Button, respectivamente em nono e décimo primeiro lugares.
Confira como vai ser a ordem de largada:
1. Sebastian Vettel (Alemanha) RedBull – Renault
2. Jarno Trulli (Itália) Toyota
3. Lewis Hamilton (Grã-Bretanha) McLaren – Mercedes
4. Nick Heidfeld (Alemanha) BMW Sauber
5. Kimi Raikkonen (Finlândia) Ferrari
6. Nico Rosberg (Alemanha) Williams – Toyota
7. Robert Kubica (Polônia) BMW Sauber
8. Adrian Sutil (Alemanha) Force India – Mercedes
9. Rubens Barrichello (Brasil) Brawn – Mercedes
10. Jaime Alguersuari (Espanha) Toro Rosso – Ferrari
11. Jenson Button (Grã-Bretanha) Brawn – Mercedes
12. Giancarlo Fisichella (Itália) Ferrari
13. Heikki Kovalainen (Finlândia) McLaren – Mercedes
14. Sebastien Buemi (Suíça) Toro Rosso – Ferrari
15. Kazuki Nakajima (Japão) Williams – Toyota
16. Romain Grosjean (França) Renault
17. Fernando Alonso (Espanha) Renault
18. Vitantonio Liuzzi (Itália) Force India – Mercedes
19. Timo Glock (Alemanha) Toyota
20. Mark Webber (Austrália) RedBull – Renault