Jovem piloto fecha a temporada com saldo positivo

5 de outubro de 2009

O circuito belga de Spa-Francorchamps encerrou, neste domingo (4), o calendário de oito rodadas duplas do Campeonato Norte-Europeu de Fórmula Renault de 2009. E para o brasileiro mais jovem competindo no exterior – Pipo Derani, de 15 anos -, o ano teve um saldo bastante positivo, já que o piloto subiu duas vezes ao pódio (ambas em segundo lugar) e participou também de três rodadas duplas do Campeonato Europeu da categoria, onde também surpreendeu. Derani disputou em 2009 a sua primeira temporada no automobilismo.

“Foi minha primeira temporada com monopostos e tive um grande aprendizado”, garantiu Pipo. “Tive momentos que foram muito bons, como os pódios em Alastaro (Finlândia) e em Assen (Holanda), por exemplo. Gostei também da minha estréia pelo Europeu em Spa, que larguei em sétimo, entre 36 pilotos, e era só a minha terceira corrida com o carro, e foi um resultado muito legal, embora um acidente tenha me tirado da prova”, garantiu o piloto da equipe Motopark Academy.

Mostrando habilidade durante todo o ano, o brasileiro terminou na sétima posição do campeonato, sendo o quarto melhor piloto da segunda metade do ano, com 113 pontos em oito corridas. “Em algumas provas no começo do ano fui envolvido em acidentes de corrida, que me atrapalharam um pouco. Mas tenho certeza que, se fosse apenas pela equipe e por mim, poderíamos ter chegado entre os cinco primeiros do torneio já no ano de estréia”, comentou o jovem competidor.

Na última prova do ano, entretanto, Pipo enfrentou uma dificuldade que ainda não tinha experimentado: a chuva. “Tive apenas dois dias de treinos com o carro em pista molhada, e isso acabou me prejudicando um pouco nessa etapa. Usei a corrida para ter rodagem na chuva, me preocupando em entender como o fórmula se comporta e procurando apenas em chegar ao final”, disse o piloto, que cruzou a linha de chegada na nona posição.

Para o ano que vem, Pipo garante estar negociando para disputar o Campeonato Europeu da categoria. “Ainda não tenho nada assinado, mas o ano de 2010 está parecendo bastante promissor”, encerrou.

Confira como terminou a última etapa do Norte-Europeu de Fórmula Renault:
1. Marco Sörensen (Dinamarca) – Motopark Academy – 10 voltas em 27min38s903
2. Antonio Felix da Costa (Portugal) – Motopark Academy – a 5s517
3. Kevin Magnussen (Dinamarca) – Motopark Academy – a 10s499
4. Adrian Quaife-Hobbs (Inglaterra) – Motopark Academy – a 11s505
5. Daniel de Jong (Holanda) – MP Motorsport – a 19s449
6. Toomas Heikkinen (Finlândia) – Koiranen Bros. – a 30s634
7. Kevin Korjus (Estônia) – TT Racing – a 43s333
8. Daniel Aho (Finlândia) – Koiranen Bros. – a 48s175
9. Pipo Derani (Brasil) – Motopark Academy – a 56s153
10. Karl-Oscar Liiv (Finlândia) – MP Motorsport – a 57s884
11. Jasse Laine (Finlândia) – Koiranen Bros. – a 58s327
12. Jimmy Eriksson (Suécia) – Motopark Academy – a 1min03s800
13. Mathijs Harkema (Holanda) – Van Amersfoort Racing – 1min18s652
14. Johann Ledermais (Áustria) – TT Racing – 1min25s205
15. Julian Eisenreich (Alemanha) – Jedi Racing Team – não completou
16. Bart Hylkema (Holanda) – Motopark Academy – não completou
17. Kuba Giermaziak (Polônia) – Motopark Academy – não completou

Veja como ficou a tabela com os melhores do campeonato após 16 etapas:
1. Antonio Felix da Costa (Portugal) – Motopark Academy – 361 pontos
2. Kevin Magnussen (Dinamarca) – Motopark Academy – 278 pontos
3. Marco Sörensen (Dinamarca) – Motopark Academy – 232 pontos
4. Adrian Quaife-Hobbs (Inglaterra) – Motopark Academy – 229 pontos
5. Kevin Korjus (Estônia) – TT Racing – 201 pontos
6. Daniel Aho (Finlândia) – Koiranen Bros. – 198 pontos
7. Pipo Derani (Brasil) – Motopark Academy – 192 pontos
8. Toomas Heikkinen (Finlândia) – Koiranen Bros. – 187 pontos
9. Daniel de Jong (Holanda) – MP Motorsport – 164 pontos
10. Bart Hylkema (Holanda) – Motopark Academy – 160 pontos