BMW K 1300 R é eleita a “Moto do Ano 2009”

11 de outubro de 2009

Na festa dos 35 anos da revista DUAS RODAS, que aconteceu no Pavilhão Anhembi (SP) em 8 de outubro, foram conhecidos os vencedores da 12ª Edição do Concurso “Moto do Ano”. Promovido pela publicação mais tradicional do segmento, a grande vitoriosa foi a BMW K 1300 R, que recebeu o troféu de “Moto do Ano 2009” . A naked da marca alemã somou 635 dos 660 pontos possíveis. Além de conquistar o prêmio máximo da noite e vencer também sua categoria, a BMW faturou o prêmio em outras duas categorias: Sport Touring (K 1300 S) e Trail (F 650 GS).

Na festa de premiação, Márcio Saldanha Marinho, diretor Comercial e de Marketing da revista DUAS RODAS, agradeceu o empenho de sua equipe e destacou a trajetória de sucesso da revista e, conseqüentemente, a importância do Concurso “Moto do Ano”.

“Este prêmio é o mais democrático do País, já que conta com a participação direta de nossos leitores. Depois dos modelos serem selecionados no site das DUAS RODAS, a responsabilidade passa para os jornalistas especializados convidados. Estes profissionais altamente qualificados são os fieis depositários de milhões de motociclistas espalhados por todo o Brasil”, conta Márcio Marinho, que também anunciou mais duas ferramentas para ampliar a atuação da revistas DUAS RODAS.

“Primeiro será a criação da revista eletrônica, com foco no conteúdo e no e-commerce. Além disso, nosso corpo editorial está preparando um livro, que literalmente retratará a evolução do setor de duas rodas por meio de fotografias publicadas desde a década de 70” , afirma o diretor da Sisal Editora.

Como funciona o concurso

O Concurso “Moto do Ano”, realizado anualmente pela revista DUAS RODAS, é um dos mais democráticos e respeitados do segmento de motocicletas do Brasil. Afinal, neste ano de 2009 chegou a sua 12ª edição reunindo 31motocicletas divididas em dez categorias. Neste ano concorrem novos modelos e também as motos que receberam importantes alterações mecânicas, eletrônicas ou design. As motocicletas são escolhidas pelos leitores no site da revista, e as três mais votadas em cada categoria vão para a segunda fase. Ou seja, os modelos passam por testes dinâmicos realizados no Campo de Provas Pirelli, em Sumaré, interior de São Paulo.

Nesta edição, o concurso reuniu dez jornalistas especializados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo, juntamente com um leitor da revista (escolhido em concurso cultural durante a votação da primeira fase) tiveram a oportunidade de testar os 31 modelos de motos entre 100 e 1.300 cc finalistas nas dez categorias. Foram avaliaram diversos quesitos como, por exemplo, Estilo, Motor, Suspensão, Conforto, Freios e Maneabilidade. Ao final dos testes de cada categoria os jurados aplicavam notas de 5 a 10 para cada quesito.   Fotos: Mario Villaescusa / Duas Rodas/ Divulgação

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fabio Oliveira
 
Chegada da categoria Cadete, em Lauro de Freitas
Alta | Web 
 
 
 
Quatro jovens promessas do Brasil garantem vaga no International Kart Grand Prix

Eles representarão o Brasil em Sepang, na Malásia, de 20 a 22 de novembro. Mais dois nomes serão definidos até este domingo

 
Disputada neste fim de semana (10 e 11/10) no Kartódromo Lauro de Freitas, na região metropolitana de Salvador (BA), a Copa Brasil de Kart pela primeira vez coloca em disputa algo a mais do que os troféus de campeão. Principal competição de nível nacional da modalidade, ao lado do Campeonato Brasileiro, a Copa está definindo também seis jovens brasileiros que terão direito a disputar o Red White Sangari International Kart Grand Prix, que acontece no Sepang International Karting Circuit, na Malásia, de 20 a 22 de novembro. A premiação será oferecida pelo Grupo Sangari, multinacional da área da educação, que está presente em 16 países e tem se destacado no Brasil por projetos inovadores elaborados com a participação de especialistas de diversas áreas do ensino. O acordo foi assinado entre a Reunion Sports, representante da Sangari Brasil, e a Comissão Nacional de Kart da Confederação Brasileira de Automobilismo.

Os garotos que já carimbaram o passaporte são o campeão da categoria Cadete, Giuliano Raucci (9 anos); o vencedor da Júnior, Victor Franzoni (14), e o vice-campeão da Júnior Menor, Leo Gimenes (12), que ficou com a vaga por que Yago Cesário, campeão da categoria, não poderá viajar para a Ásia. Os três são paulistas. O quarto felizardo é Rafael Suzuki, de 22 anos, também de São Paulo. Ele ficou com a vaga destinada ao piloto especialmente convidado pelos promotores do prêmio para ir à Malásia.

O anúncio da premiação, feito na última quinta-feira, transformou a Copa do Brasil em uma competição ainda mais importante para a gurizada. Além de virar o assunto do fim de semana entre os candidatos, a notícia também se refletiu nas disputas verificadas na pista. O destaque ficou para a briga na categoria na categoria Cadete, que reúne trinta jovens entre 8 e 11 anos de idade. Pela primeira vez na história do kartismo brasileiro, segundo os especialistas presentes, a cronometragem registrou a chegada dos dois primeiros colocados em uma das três baterias sem diferença de tempo – ou seja, 0s000, em um empate técnico que levou a CBA a anunciar como vencedores o paulista Giuliano Raucci e o gaúcho Victor Matzenbacker. Raucci ainda venceria mais uma bateria, somando pontos suficientes para garantir o título de campeão da Copa do Brasil – e para colocar seu nome na passagem que levará o primeiro colocado da categoria para o International Kart Grand Prix.

Os dois nomes a serem apontados sairão das disputas das categorias Graduados A e Graduados B, as duas principais do torneio.

Sobre a Sangari Brasil – A Sangari Brasil foi fundada em 1997 pelo físico Ben Sangari com o propósito de desenvolver soluções inovadoras na educação em ciências no ensino fundamental, do 1º ao 9º ano. A empresa integra o Grupo Sangari, fundado na Inglaterra em 1965 com o objetivo de aprimorar o ensino e a pesquisa em ciências. Hoje, a Sangari está presente em 16 países e tem se destacado no Brasil por projetos inovadores elaborados com a participação de especialistas de diversas áreas do ensino.