Equilíbrio marca segundo dia de disputa do Rally dos Bandeirantes

12 de outubro de 2009

Domingo de muito sol em Taubaté, cidade localizada no Vale do Paraíba, e que recebe pela 7ª vez o Rally dos Bandeirantes, válido pelas três primeiras etapas do Paulista de Cross-country, e que contará pontos para o Campeonato Brasileiro de Rally Cross-Country. Mais uma vez os competidores tiveram que demonstrar muita perícia e técnica na segunda etapa do rali, nas categorias: Super Production, Production, Protótipos e Caminhões.

A disputa da primeira especial teve início a partir das 10h, quando largou o primeiro carro, de um grid total de 36 veículos, sendo quatro caminhões. As equipes tiveram um percurso misto, com muita erosão, curvas fechadas, e cerca de 67 quilômetros de extensão, em cada uma das duas especiais, dentro da Fazenda São José – Redenção da Serra.

Jean Azevedo/Youssef Haddad (Petrobras Lubrax) largaram com a vantagem da vitória da primeira etapa obtida no último sábado, e fizeram novamente o melhor tempo geral entre os carros. “A prova de hoje foi bem tranquila. A pista estava mais seca, em relação a ontem, porém com características bem parecidas, apesar de ter sido uma especial diferente. Infelizmente perdemos um bom tempo, após um problema com uma marcação da prova, mas a partir de agora é administrar, acredito que após o resultado de hoje, temos grande vantagem no Rally dos Bandeirantes”, afirmou Azevedo, que ao lado de Haddad lideram a categoria Protótipos do Rally dos Bandeirantes, e mantém vantagem no brasileiro.

Na categoria Super Production, Reinaldo Varela/Marcos Macedo recuperaram o prejuízo da primeira etapa, quando tiveram um problema no motor, e não completaram a prova, para acelerar forte neste domingo, obtendo a vitória da categoria. “A prova estava bem tranquila, largamos atrás e isso prejudicou um pouco, pois tivemos que correr atrás de outras equipes. Hoje o carro estava ótimo, e não apresentou nenhum problema. Nosso objetivo é tentar sair daqui na liderança. Mas a prova como um todo estava muito gostosa, bem cross-country mesmo”, declarou o piloto da equipe Rally Brasil.

Para a dupla Rogério Rode / Fábio Pedroso a segunda etapa do rali mostrou que a equipe chegou para brigar pelo título da categoria Production. Após a vitória obtida na primeira etapa, a dupla novamente fez bonito, e fez o melhor tempo, na soma das duas especiais. Segundo o piloto Rogério, a equipe foi montada em um tempo muito curto, por isso, o resultado é uma surpresa. “Estou estreando com novo navegador aqui, e com certeza é uma prova de superação”, afirmou. “Para amanhã, nosso objetivo é fazer uma prova tranquila, e principalmente terminá-la. Hoje tivemos um problema com a transmissão, e suspensão dianteira, andamos duas especiais com tração 4×2. Mas acredito que ainda tem muito ‘chão’ pela frente, e tudo pode acontecer, o jeito será controlar a ansiedade”, disse.

MUITA DISPUTA NOS CAMINHÕES

Enquanto André Azevedo/Maikel Justo sofrem com problemas mecânicos no caminhão pelo segundo dia consecutivo, Guido Salvini/Weidner Moreira e Amable Barrasa/ Evandro Bautz travaram uma verdadeira luta pela primeira posição na segunda etapa. Enquanto a dupla da Salvini Racing fez o melhor tempo na primeira especial, a Equipe Autoliner levou a melhor na segunda especial, e na soma dos tempos, ficou com a vitória com uma diferença mínima de segundos.

Após a disputa Salvini fez questão de elogiar a prova, e acredita que pode ter sido prejudicado por conta de um veículo que ficou parado no meio da especial. “A especial estava ótima, com trechos muito rápidos, e com muitas subidas. Na primeira volta, tinha uma Mitsubishi TR4 atravessada no meio do caminho, ao tentarmos desviar, perdemos mais de um minuto de prova. Mas acredito que este segundo lugar é muito bom também, pois garante a nossa liderança no campeonato brasileiro”, disse.

Para Amable Barrasa a vitória serviu para manter acesa a esperança, apesar de ter tido problemas no sábado, e não completado a prova. “Conseguimos tirar uma diferença muito boa hoje, andamos rápido, e apesar da pista ter muitas erosões, a planilha estava bem marcada. Em alguns trechos de subidas isso acabou nos prejudicando, mas fizemos de tudo para tirar a diferença nos trechos mais estreitos, e com isso conseguimos vencer a etapa de hoje”, declarou Barrasa.

Nesta segunda as equipes partem para a etapa decisiva do Rally dos Bandeirantes. Serão mais duas especiais de 66 quilômetros, nas Fazendas N.S. Glória, Gaspar e Conceição, Rodovia Ayrton Senna, entre Taubaté e Caçapava Velha. A primeira especial tem largada prevista para as 09h, e a segunda a partir das 11h.

Deco Muniz, organizador do Rally dos Bandeirantes explicou durante o briefing do domingo o motivo do corte de um trecho da primeira especial da segunda etapa, que havia prejudicado alguns pilotos e por isso, teve que ser eliminada. “Por volta do quilômetro 44,12 tinha um trecho que havia sido usado ontem, porém os competidores não passavam por ele, a organização havia feito algumas marcações, e acabou esquecendo de remover alguns ‘bambis’ (fitas que servem para isolar/marcar determinada área), com isso, alguns carros passaram reto, outros pararam, voltaram. Para não prejudicar ninguém, optamos por suprimir o tempo entre a marcação da planilha 261 e 269, e esse trecho foi cortado da primeira especial”, afirmou.  Douglass Fagundes/Sigcom/Divulgação.

Resultado geral do segundo dia do 7º Rally dos Bandeirantes:
* 1ª etapa da Copa RallySP Cross Country e 8ª etapa do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country

1º) 201 – Jean Azevedo / Youssef Haddad, Prot, 01:58:24,5
2º) 209 – Roberto Reijers / Rogério Almeida, Prot, 02:01:03,4
3º) 213 – Mauricio Bortolanza / Gustavo Bortolanza, Prot, 02:03:02,0
4º) 282 – Marcos Moraes / Du Sachs, Prot., 02:03:17,1
5º) 200 – Reinaldo Varela / Marcão Macedo, SPD, 02:03:32,2
6º) 216 – Júlio Bonache / Lourival Roldan, Prot, 02:04:30,9
7º) 207 – Riamburgo Ximenes / Stanger Eler, Prot, 02:05:26,4
8º) 253 – José Jorge Sawaya / André Sawaya, SPD, 02:07:25,7
9º) 236 – Gustavo Moretti / Neurivan Calado, Prot., 02:08:28,7
10º) 284 – Valdir Porto / Emerson Arakaki, SPD, 02:08:54,9
11º) 215 – Richard Vaders / José Spacassassi, Prot., 02:11:20,3
12º) 283 – Fernando Carvalho Jr / João Cerqueira Neto, Prot, 02:11:48,1
13º) 271 – Rogerio Rode / Fábio Pedroso, Prod, 02:12:44,3
14º) 280 – José Roberto Vaz / Glauber Fontoura, Prod, 02:14:24,0
15º) 269 – Pedro Prado Filho / Patrick Prado, Prod, 02:16:21,3
16º) 261 – Alessandro Tozoni / Fabio Peralli, Prod, 02:16:49,5
17º) 285 – Marcos Kffuri / Rodrigo Czech, Prod, 02:17:34,1
18º) 252 – Elson Cascão II / Geraldo Malvar, Prot, 02:17:48,7
19º) 231 – Carlos Policarpo / Romulo Seccomandi, Prod, 02:18:16,0
20º) 276 – Rogério Miranda / Damon Alencar, SPD, 02:19:20,2
21º) 281 – Ilo Diehl dos Santos / Ewerton Khoury, SPD, 02:21:13,0
22º) 235 – André Nunes Gordo / Daniel Gay, Prod, 02:23:53,6
23º) 228 – Hugo Rodrigues / Kaike Bentivoglio, Prot., 02:24:27,0
24º) 401 – Amable Barrasa / Raphael Bettoni / Evandro Bautz, Caminhão, 02:24:51,6
25º) 234 – Willen Van Hess / Doris Van Hess, Prod, 02:25:16,4
26º) 257 – Marcelo Carqueijo / Roberlena Moraes, Prod, 02:25:26,5
27º) 403 – Guido Salvini / Weidner Moreira, Caminhão, 02:25:34,9
28º) 279 – Luiz Rodrigues / Fernando Montá Filho, Prod, 02:26:28,0
29º) 222 – Paulão Lima / Paulo Bomba, SPD, 02:32:27,9
30º) 278 – Rafael Vicentin / André Racy Simões, Prot, 02:33:43,8
31º) 405 – Felicio Tadeu / Ricardo Costa, Caminhão, 02:45:20,6
32º) 227 – Paulo Pichini / Kleber Cavalcanti, Prot, 02:50:00,0
* 242 – Roberto Correa / Rodrigo Khezam, SPD, NC
* 219 – Luiz Facco / Alessandro Fabrício, SPD, NC
* 249 – César Lopes / Osmar Dehn João, Prod, NC
* 402 – André Azevedo / Maykel Justo, Caminhão – NC

Cronograma do evento

12/10/09 – Segunda-feira
08:30h – Largada – Hotel Continental Inn – Taubaté.
09:00h – Largada da Prova Especial 01 – 66 km – Fazendas N. S. Glória, Gaspar e Conceição – Rodovia Ayrton Senna – Taubaté / Caçapava Velha.
12:00h – Largada da Prova Especial 02 – 66 km.
14:30h – Início do almoço de premiação – Forró João – FJC Crozariol – Rodovia Tremembé – Campos do Jordão KM 03 – Tremenbé-SP.
www.crozariol.com – Fone (12) 3672-2576
16:00h – Início da Premiação.
17:30h – Encerramento do evento.