Problema no carro impede Geronimi de marcar pontos em Dijon-Prenois

12 de outubro de 2009

A 18ª etapa do Campeonato Europeu de Fórmula 3 foi realizada na manhã deste domingo (11), no horário de Brasília, no traçado francês de Dijon-Prenois. Mesmo enfrentando problemas no carro, o brasileiro Tiago Geronimi (Sangari) teve um bom desempenho durante o final de semana, fechando a rodada dupla na França na oitava posição.

“Larguei em nono e a corrida teve um começo complicado, já que logo depois da largada houve um grande acidente, que provocou a bandeira vermelha e interrompeu a prova. Mesmo com essa confusão, consegui ultrapassar dois concorrentes e chegar à sexta posição”, disse Geronimi, que também chegou em nono na corrida de ontem (sábado, 10).

“Mas no reinício da prova os problemas que estamos enfrentando nas últimas provas me atrapalharam novamente e perdi muito rendimento nas retas. Então não foi possível sustentar a posição e fui ultrapassado por dois concorrentes”, narrou Geronimi. A equipe enfrenta problemas desde a última rodada dupla, no circuito de Barcelona, na Espanha.

A vitória da corrida ficou com o francês Jules Bianchi, da equipe ART Grand Prix, que conquistou o campeonato antecipado. O inglês Sam Bird (Mücke Motorsport) e o espanhol Roberto Merhi fecharam os três primeiros na França.

Apesar das dificuldades, Tiago acredita que terminar entre os dez primeiros pode trazer frutos ainda melhores para a última rodada dupla da temporada, que será realizada no autódromo de Hockenheim, na Alemanha, entre os dias 23 e 25 de outubro. “Espero que na próxima rodada dupla as coisas já estejam resolvidas e possamos voltar com pontos”, finalizou o piloto patrocinado pela Sangari.

Sobre a Sangari Brasil: A Sangari Brasil foi fundada em 1997 pelo físico Ben Sangari com o propósito de desenvolver soluções inovadoras na educação em ciências no ensino fundamental, do 1º ao 9º ano. A empresa integra o Grupo Sangari, fundado na Inglaterra em 1965 com o objetivo de desenvolver soluções para o ensino e a pesquisa em ciências. Hoje, a Sangari está presente em 16 países e tem se destacado no Brasil por projetos inovadores elaborados com a participação de especialistas de diversas áreas do ensino.

Confira os melhores da 18ª etapa do Europeu de F-3:
1. Jules Bianchi (França) – ART Grand Prix – 20 voltas em 40min50s023
2. Sam Bird (Grã Bretanha) – Mücke Motorsport – a 00s351
3. Roberto Merhi (Espanha) – Manor Motorsport – a 01s044
4. Esteban Gutierrez (México) – ART Grand Prix – a 05s039
5. Alexander Sims (Inglaterra) – Mücke Motorsport – a 06s981
6. Christian Vietoris (Alemanha) – Mücke Motorsport –a 07s202
7. Robert Wickens (Canadá) – Kolles & Heinz Union – a 09s007
8. Tiago Geronimi (Brasil) – Signature – a 10s233
9. Johan Jokinen (Dinamarca) – Kolles & Heinz Union – a 13s582
10. Adrien Tambay (França) – ART Grand Prix – a 14s403

Visite o site do piloto: http://www.tiagogeronimi.com.br