Riamburgo Ximenes e Stanger Eller voltam à acelerar no Rally dos Bandeirantes

12 de outubro de 2009

Depois da inesperada quebra (10) que os obrigou a abandonar a disputa do primeiro dia de competição no Rally dos Bandeirantes, prova válida pelo Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country , Riamburgo Ximenes e Stanger Eller não desmotivaram e trataram de correr atrás do prejuízo. Para largar hoje, seu time, a ProMacchina Rally, trabalhou duro a noite toda, refez seu motor, e entregou o carro esta manhã pronto para fazer uma bela prova. A dupla largou forte, ultrapassava concorrentes e colocava tempo em boa parte dos seus adversários quando Stanger, navegador da dupla, começou a passar mal devido a uma forte queda de pressão.

” Desde sexta-feira a noite, o Stanger já sentia dores na cabeça e no corpo, além de febre alta, resultantes de uma forte virose. Foi medicado e estava bem melhor, mas talvez pelo esforço do dia de ontem somado à poeira e ao sol forte, seu corpo reagiu. Estávamos no quilômetro 30, na metade da especial quando ele começou a sentir-se mal, vomitou dentro do carro e bravamente não me permitiu parar. Apesar de concluirmos a primeira especial, nosso desempenho nessas condições, nos fez perder preciosos minutos”, explicava Ximenes ao chegar ao apoio.

“Eu nunca passei mal assim em um rali. Mas ao ser avaliado pelo médico que estava presente na prova, ficou claro que sofri uma queda de pressão resultante dos medicamentos que estou tomando em virtude da virose, some-se isso às condições de calor extremo dentro do carro e ao esforço físico que o rali exige”, falou Stanger.

Como desistir não faz parte do vocabulário da dupla, mesmo sem estar em suas melhores condições, ele fez questão de largar para a segunda especial do dia na qual conquistaram o segundo tempo. Na pista terra lisa e batida, e apesar das muitas curvas, o circuito era rápido e exigente. E para dificultar ainda mais a vida de Eller, a navegação não facilitou para os competidores, e deixou a prova ainda mais acirrada.

“Ë complicado falar de uma competição na qual saímos de um dia com problemas para um outro onde novamente, por motivos que vão além do nosso controle, acabamos não desenvolvendo nossa tocada como somos aptos a fazer. Uma coisa é certa, cada vez que enfrentamos uma dificuldade inesperada, nos tornamos mais aptos a lidar com os obstáculos que atravessam nossa trajetória. Amanhã será um novo dia, e queremos fazer dele um dia perfeito”, concluiu Stanger.

Para amanhã, terceiro e decisivo dia do Rally dos Bandeirantes, mais duas especiais estão em jogo. Confira a programação:

12/10/09 – Segunda-feira
08:30h – Largada – Hotel Continental Inn – Taubaté.
09:00h – Largada da Prova Especial 01 – 66 km – Fazendas N. S. Glória, Gaspar e Conceição – Rodovia Ayrton Senna – Taubaté / Caçapava Velha.
12:00h – Largada da Prova Especial 02 – 66 km.
14:30h – Início do almoço de premiação – Local à definir – Taubaté.
16:00h – Início da Premiação.
17:30h – Encerramento do evento.