Leonardo Cordeiro quer título do Sul-Americano de F-3 neste domingo

13 de outubro de 2009

Neste fim de semana, no autódromo de Interlagos, dois brasileiros vão estar sonhando com a possibilidade de ser campeão  da temporada em duas categorias internacionais: Rubens Barrichello, na F-1, e Leonardo Cordeiro, no Sul-Americano de F-3. A principal categoria de monoposto do continente faz parte da programação da 16ª etapa da F-1, em São Paulo.

Na F-1, as chances de Barrichello são remotas. Em segundo no campeonato com 71 pontos, o brasileiro da Brawn precisa descontar uma diferença de 16 pontos a favor de seu companheiro de equipe, o inglês Jenson Button. Na F-3, as possibilidades de Leonardo Cordeiro conquistar o título de 2009 são consideráveis. Com 89 pontos, 21 de vantagem sobre o segundo colocado Cláudio Cantelli, o paulista do Vale do Paraíba pode até ser campeão em São Paulo, com quatro provas de antecedência. “Quero fazer duas boas corridas e marcar pontos que me permitam seguir com vantagem na briga pelo  título. Nem penso nesta remotíssima possibilidade de ser campeão em Interlagos”, conta Cordeiro.

O líder do Sul-Americano de F-3 tem razão ao chamar de “remotíssimas”, as chances de definir o título no próximo domingo. Mas a matemática indica que é possível. Basta que ele vença as duas corridas deste fim de semana e Cantelli não marque pontos. Neste caso a diferença entre os dois subiria para 41 pontos, impossível de ser tirada nas quatro provas finais, quando restariam 40 pontos para serem disputados.
Diferente da F-1, que realiza uma prova em cada fim de semana de disputa, no Sul-Americano o calendário aponta nove rodadas duplas. Ou seja, são 18 corridas por ano, uma a mais que a F-1. Em Interlagos serão realizadas as 13ª e 14ª etapas do campeonato. A primeira prova está marcada para sábado, às 16h50. A segunda, para às 9h05 do domingo, preliminar da F-1.

Os números de Leonardo Cordeiro no campeonato impressionam não apenas pelos 21 pontos de vantagem na liderança. Em 12 provas, ele largou 11 vezes na primeira fila, com nove poles – seis consecutivas – esteve no pódio em nove oportunidades, com sete vitórias, e cravou oito melhores voltas. “O importante é seguirmos focados no trabalho. Ainda restam 60 pontos para disputar e muita coisa pode acontecer”, previne. Foto: Flávio Quick/Divulgação.

Classificação do Sul-Americano de F-3 após 12 etapas
1- Leonardo Cordeiro – 89 pontos
2- Cláudio Cantelli – 68 pontos
3- Yann Cunha – 50 pontos
4- Lucas Foresti – 48 pontos
5- Henrique Lambert – 43 pontos
6- Nilton Molina – 40 pontos
7- Lu Boesel – 40 pontos
8- Leonardo de Souza – 30 pontos
9- Igor Veras – 26 pontos
10-  Fernando Galera – 23 pontos