Seletiva terá participantes mais jovens da história em Volta Redonda

15 de outubro de 2009

A renovação no kartismo brasileiro será refletida na final da Seletiva de Kart Petrobras, marcada para os dias 20 e 21 de outubro, em Volta Redonda (RJ). Oito dos doze classificados disputam o evento pela primeira vez e nada menos que três deles superam o recorde de precocidade: Jonathan Louis, Bruno Bonifácio e Eduardo Banzoli. Na semana que vem, eles se tornarão os mais jovens da história na disputa pelo prêmio, que será de R$ 100.000,00.

A diferença de idade entre os três garotos é de poucas semanas. O mais novo do grupo é Jonathan Louis. O paranaense nasceu dezenove dias depois do paulista Bruno Bonifácio. Para se ter uma ideia, tinha apenas cinco anos quando a Seletiva de Kart Petrobras fez seu primeiro campeão, Danilo Dirani, em 1999. “Quando eu era pequeno, via os pilotos mais velhos se classificando e sempre quis participar. Chegou a minha vez”, comenta Jonathan Louis.

A queda na média de idade não tirou da lista alguns antigos conhecidos da Seletiva de Kart Petrobras. Trazendo a experiência como trunfo, aparecem nomes como o paranaense Claudio Cantelli e o goiano Gabriel Navarrete, ambos na segunda participação, o também paranaense Vitor Teiji, disputando o prêmio pela terceira vez, e o mais experiente de todos: Leonardo Cordeiro. Será a quarta final do piloto, que atualmente está na Fórmula 3 Sul-Americana.

O regulamento da Seletiva de Kart Petrobras prevê que estão aptos a participar da decisão aqueles pilotos que tenham entre 14 e 20 anos de idade em 2009. Desta forma, os organizadores atingem apenas aquela faixa de competidores em busca de suporte financeiro para passar do kart para o automobilismo, um dos maiores desafios da carreira no Brasil. O objetivo foi plenamente atingido nas dez edições anteriores da Seletiva de Kart Petrobras. Foto: Fabio Oliveira/Divulgação.

OS FINALISTAS DA SELETIVA DE KART PETROBRAS

Bruno Bonifácio (SP), classificado em São Paulo
Claudio Cantelli (PR), classificado no Rio Grande do Sul
Eduardo Banzoli (SP), classificado em São Paulo
Felipe Fraga (TO), classificado no Maranhão
Gabriel Navarrete (GO), classificado em São Paulo
Jonathan Louis (PR), classificado em São Paulo
Leonardo Cordeiro (SP), classificado em São Paulo
Luana Pedrosa (RJ), classificada no Maranhão
Matheus Protti (SP), classificado na Bahia
Pietro Fantin (PR), classificado no Rio Grande do Sul
Vinícius Perdigão (BA), classificado em Goiás
Vitor Teiji (PR), classificado em Goiás