Fernando Alonso aposta em Barrichello e evita polêmica com Massa

16 de outubro de 2009

Fernando Alonso, da Renault, participou na noite desta quinta-feira, em São Paulo, de um evento organizado pela Silestone, que é uma das patrocinadoras pessoais do espanhol. O piloto respondeu a perguntas da imprensa antes de participar de um coquetel para convidados da empresa. O espanhol preferiu não entrar em polêmica sobre as declarações de Felipe Massa, que acredita que Alonso sabia de tudo o que aconteceu. Ele apenas se limitou a dizer que não se pode saber o real sentido das declarações do brasileiro pelos jornais. Além disso, ele lembrou que foi absolvido pela FIA.

Sobre como será a relação entre os dois para a temporada 2010 na Ferrari, Alonso afastou qualquer possibilidade de problema. E lembrou que o objetivo será único. “Estaremos na mesma equipe e vamos lutar por vitórias. O que importa é que sempre um de nós vença”.

Falando sobre a atual temporada, Alonso culpou as mudanças no regulamento pelo desempenho ruim das equipes de ponta: Ferrari, McLaren e Renault. Para 2010, quando vamos ter mais alterações, ele acredita que as coisas voltarão ao normal.

“Não acredito que a Brawn GP e a Red Bull tenham condições de manter o mesmo ritmo no próximo ano. Em 2009 eles foram beneficiados por alguns pontos do regulamento, mas isso será diferente no próximo ano”, disse o piloto da Renault.

Para o GP do Brasil, Alonso acredita que é pouco provável que a Renault consiga um bom desempenho, sendo que as condições climáticas podem beneficiar o time. “É uma pista que gosto muito. Conquistei aqui dois títulos mundiais e sempre gosto de vir ao Brasil”.

O espanhol revelou também que está torcendo para que Rubens Barrichello vença no domingo e também conquiste o campeonato em Abu Dhabi. “São três grandes pilotos, mas o Rubinho tem menos tempo para conseguir um título em carreira”.

Fonte: F-1 na Web – Gabriel Codas, de São Paulo.