Dia de decepção para a Renault

18 de outubro de 2009

Em sua penúltima corrida pela Renault, o futuro piloto da Ferrari, Fernando Alonso, acabou voltando para a garagem mais cedo: envolvido por acaso no incidente entre Jarno Trulli, da Toyota, e Adrian Sutil, da Force India, o bicampeão mundial, que havia largado da décima posição, abandonou o GP do Brasil ainda na primeira volta.

“Foi uma primeira volta muito tumultuada e infelizmente eu fui pego nela. Fiz uma boa largada e tínhamos uma estratégia promissora para a corrida, mas infelizmente quando Sutil e Trulli colidiram, eu fui acertado pela Force India também. É uma verdadeira pena, pois esta é uma pista especial para mim: eu sempre gostei de correr aqui e acho que poderíamos ter marcado pontos hoje”, lamentou Alonso.

Companheiro do espanhol na Renault, o novato Romain Grosjean conseguiu terminar a prova, mas não saiu completamente satisfeito de Interlagos:

“Eu fiz uma boa largada, mas depois disso eu fiquei com pouca aderência e estava difícil para aquecer os pneus. Eu fiz meu melhor e me esforcei bastante ao longo da corrida, mas infelizmente não foi suficiente. O final da minha corrida foi melhor, mas, devido aos problemas no início, eu terminei apenas na 13ª posição”, opinou.

Fonte: F-1 na Web – Flávio Augusto.

Foto:Renault/Divulgação.