Feliz, Barrichello mantém os pés no chao: "Ainda não ganhei nada"

18 de outubro de 2009

Rubens Barrichello era o que poderia se chamar de um homem satisfeito, após conquistar de forma dramática a crucial pole position para o GP do Brasil deste domingo. No entanto, o piloto da Brawn GP admitiu que ainda há um longo caminho a se percorrer antes que ele possa comemorar devidamente.

“É uma momento especial para mim”, disse Rubinho. “Obviamente é um grande momento quando você vai para a pista e possui o equilíbrio, não importando se está seco ou molhado. Eu estou muito feliz, e embora eu possa estar com menos combustível do que eles, é melhor largar na frente e ter meu próprio ritmo de corrida, ao invés de ficar no meio do grid”.

“ Eu estou muito, muito feliz com esta situação. É ótimo ver que todas as pessoas ficaram, porque nós passamos por um longo período com fortes chuvas. Eu esperava que eles fossem embora, mas felizmente eles ficaram para ver. Depois de 17 anos na F-1, eu nunca fui capaz de sair do carro duas vezes no meio do classificatório classificatório para ir ao banheiro”.

“Obviamente, é ótimo largar na pole”, completou Barrichello. “Mas como eu disse, tenho que manter os meus pés no chão, pois eu ainda não ganhei nada”.

Fonte: F-1 na Web – Lucas Martins

Foto:Brawn GP/Divulgação.