Carlão Alves fica satisfeito com o resultado dos treinos no anel externo de Curitiba

23 de outubro de 2009

Carlão Alves, titular da Carlos Alves Competition Team, equipe paulistana que disputa o campeonato da Copa Vicar, com os pilotos Julio Campos, Rodrigo Sperafico (foto) e Marcelo Tomasoni, time que está na intensa luta pela classificação, não tem o que reclamar do resultado dos treinos inaugurais, que foram realizados hoje (23), no anel externo do Autódromo Internacional de Curitiba.

Realmente o três carros da equipe tiveram uma boa performance, por que Rodrigo Sperafico ficou com o quarto tempo, Julio Campos com o quinto e Marcelo Tomasoni obteve o décimo nono lugar, por apenas meio segundo de Campos, num treino em que 31 carros foram para pista.

Carlão comentou a participação de cada piloto de sua equipe, nos treinos de hoje, e avaliou a perspectivas para a classificação que acontece amanhã: “O resultado dos treinos está dentro das minhas expectativas, que era colocar os dois carros entre os cinco primeiros, embora o carro do Julio esteja com um problema de motor. O carro dele não anda na reta, tem que ser puxado o tempo inteiro pelo Sperafico. Não posso trocar o motor, por que senão perdemos cinco posições no grid de largada”, contou Carlos Alves.

Sobre Rodrigo Sperafico, Carlão afirmou: “A participação do Rodrigo está sendo fundamental para a equipe, por que como o seu carro está rápido de reta, em toda saída para pista ele “puxa” o Julinho. Estou muito satisfeito com o trabalho do Rodrigo, e os tempos que ele conseguiu, foram sempre ‘com a cara para o vento’. Se ele tivesse sido puxado, tenho certeza que ficaria com o primeiro tempo”.

A respeito de Marcelo Tomasoni, Carlão também está satisfeito, e diz:”Acredito que o Marcelo gostou de andar no oval. Ele ficou muito próximo dos quinze primeiros, que marcam pontos. Esse é o meu objetivo, que ele entre na zona de pontuação. O seu carro está rápido de reta, por que foi o único que eu pude passar no dinamômetro da ZL em São Paulo, por que só temos orçamento para o seu carro”, concluiu o experiente Carlão.

A equipe vai fazer uma minuciosa revisão nos três carros, para a classificação que acontece amanhã, por que Carlão quer reprisar os bons resultados que o time obteve nos treinos de hoje.

Resultado do segundo treino:

1º) 17 – Eduardo Berlanda (P3, SP), 52.847, média de 173,70 Km/h
2º) 8 – Diogo Pachenki (CA, PR), 52.888
3º) 4 – Gustavo Sondermann (P3, SP), 52.971
4º) 2 – Rodrigo Sperafico (P3, PR), 53.057
5º) 99 – Julio Campos (P3, PR), 53.071
6º) 10 – Felipe Lapenna (P3, SP), 53.151
7º) 11 – Pedro Boesel (CA, PR), 53.179
8º) 26 – Wellington Justino (CA, GO), 53.187
9º) 21 – Lucas Finger (CA, SP), 53.256
10º) 14 – Diego Freitas (P3, BA), 53.264
11º) 13 – André Bragantini (P3, PR), 53.293
12º) 28 – Galid Osman (P3, SP), 53.363
13º) 73 – Sergio Jimenez (CA, SP), 53.402
14º) 22 – Rafael Daniel (P3, SP), 53.446
15º) 90 – Eduardo Leite (P3, SP), 53.483
16º) 12 – Leonardo Vital (P3, SP), 53.516
17º) 6 – Juliano Moro (CA, SP), 53.520
18º) 69 – Tiago Gonçalves (P3, SP), 53.594
19º) 98 – Marcelo Tomasoni (P3, SP), 53.608
20º) 43 – Cássio H de Melo (CA, SP), 53.616
21º) 16 – Afonso Bastos (P3, SP), 53.618
22º) 44 – Daniel Pflaumer (CA, SP), 53.708
23º) 31 – Italo Silveira (CA, MG), 53.818
24º) 18 – Rodrigo Navarro (P3, SP), 53.922
25º) 23 – Marco Cozzi (CA, SP), 53.974
26º) 9 – Cristiano Federico (P3, SP), 54.157
27º) 88 – Leandro Romera (CA, SP), 54.158
28º) 62 – Renato Russo (P3, SP), 54.225
29º) 54 – Murillo Macedo (P3, SP), 54.435
30º) 92 – Renato Rattes (CA, SP), 54.518
31º) 36 – Sergio Vida (P3, PR), 58.794

Melhor Volta: Eduardo Berlanda, 52.847 (173,70 km/h)