Jimenez acredita em corrida agressiva

24 de outubro de 2009

O piloto Sérgio Jimenez já traçou seu objetivo para este domingo (25), data da corrida válida pela 7ª etapa da Copa Vicar: terminar entre os cinco primeiros. O piloto, que largará na nona posição do grid, confia no desempenho do seu carro e tentará surpreender seus adversários. A competição está sendo disputada no Autódromo Internacional de Curitiba – que fica na cidade de Pinhais, na região metropolitana da capital do Paraná.

O problema no sistema de freios, que prejudicou o desempenho nos treinos livres de sexta-feira (23), foi solucionado pela equipe Scuderia 111. Mas neste sábado, Jimenez não teve sorte no treino classificatório. O piloto da GFS Software lamenta não ter conseguido nenhuma volta “limpa” (sem tráfego), o que certamente lhe renderia algumas posições. “No primeiro jogo de pneus eu fui atrapalhado, não consegui achar uma volta boa. Mexemos no carro para o segundo jogo de pneus e houve melhora em relação ao primeiro. A minha volta boa eu fiz sem vácuo. Sabemos que numa pista como essa, em que temos duas grandes retas e apenas duas curvas, andar no vácuo de outro carro ajuda a melhorar o tempo em pelo menos dois décimos”, acredita o piloto, que em sua estréia na Copa Vicar, no Rio de Janeiro, impressionou ao conquistar a pole position, vencer e cravar a volta mais rápida da prova, na primeira vez em que competiu com um carro do tipo turismo.

Jimenez lamenta ainda ter sido atrapalhado por um adversário durante a volta que o garantiria, segundo ele, pelo menos entre os três primeiros no grid. “Andar atrás de outro carro diminui a resistência do ar, e esse vácuo permite ganhar velocidade”, explicou.

O piloto está confiante no desempenho do carro e crê em uma corrida de recuperação neste domingo. “Os carros da Copa Vicar são muito iguais. O segredo é evitar acidentes e aproveitar todas as oportunidades. Meu objetivo é terminar entre os cinco primeiros”, afirmou. A largada para a sétima etapa da competição acontece às 13 horas (horário Brasileiro de Verão).

Confira os tempos do treino classificatório da Copa Vicar:

1º) 2 – Rodrigo Sperafico (P3, PR), 52s420, média de 175,12 Km/h
2º) 22 – Rafael Daniel (P3, SP), a 0s107
3º) 4 – Gustavo Sondermann (P3, SP), a 0s133
4º) 17 – Eduardo Berlanda (P3, SP), a 0s184
5º) 99 – Julio Campos (P3, PR), a 0s188
6º) 26 – Wellington Justino (CA, GO), a 0s248
7º) 13 – André Bragantini (P3, PR), a 0s280
8º) 28 – Galid Osman (P3, SP), a 0s330
9º) 73 – Sergio Jimenez (CA, SP), a 0s398
10º) 90 – Eduardo Leite (P3, SP), a 0s423
11º) 8 – Diogo Pachenki (CA, PR), a 0s456
12º) 14 – Diego Freitas (P3, BA), a 0s459
13º) 11 – Pedro Boesel (CA, PR), a 0s520
14º) 43 – Cássio H de Melo (CA, SP), a 0s545
15º) 31 – Italo Silveira (CA, MG), a 0s552
16º) 21 – Lucas Finger (CA, SP), a 0s593
17º) 44 – Daniel Pflaumer (CA, SP), a 0s649
18º) 98 – Marcelo Tomasoni (P3, SP), a 0s675
19º) 23 – Marco Cozzi (CA, SP), a 0s695
20º) 6 – Juliano Moro (CA, SP), a 0s716
21º) 16 – Afonso Bastos (P3, SP), a 0s798
22º) 69 – Tiago Gonçalves (P3, SP), a 0s836
23º) 18 – Rodrigo Navarro (P3, SP), a 0s906
24º) 10 – Felipe Lapenna (P3, SP), a 0s939
25º) 62 – Renato Russo (P3, SP), a 1s192
26º) 9 – Cristiano Federico (P3, SP), a 1s290
27º) 12 – Leonardo Vital (P3, SP), a 1s356
28º) 54 – Murillo Macedo (P3, SP), a 1s470
29º) 88 – Leandro Romera (CA, SP), a 1s540
30º) 92 – Renato Rattes (CA, SP), a 1s662
31º) 36 – Sergio Vida (P3, PR), a 6s626

Legenda: CA – Chevrolet Astra; P3 – Peugeot 307 Sedan
Fonte: CRONOMAP

Foto:Luca Bassani/Divulgação.