Após grande corrida, Tiago Geronim lamenta acidente que o tirou do pódio

25 de outubro de 2009

A 20ª e última etapa do Campeonato Europeu de Fórmula 3 foi realizada neste domingo (25) no circuito alemão de Hockenheim e vai ficar na memória do jovem brasileiro Tiago Geronimi. O piloto da equipe Signature vinha apresentando um grande desempenho na prova até abandonar devido a um acidente, quando já garantia pelo menos um lugar no pódio.

“No começo da corrida estava chovendo e, mesmo assim, alguns pilotos resolveram sair com os pneus slick (para pista seca). Minha equipe e eu decidimos sair com os compostos de chuva, em uma estratégia que deu certo. Consegui ultrapassar muita gente ainda nas primeiras voltas e, logo no quinto giro vi que já dava para trocar os pneus para aproveitar o traçado seco que estava se formando”, detalha Geronimi.

Novamente a aposta do piloto brasileiro funcionou com perfeição, e ele permanecia como um dos mais velozes a pista. “Depois de sair dos boxes o desempenho continuou muito bom e eu conseguia melhorar minhas voltas a todo momento. Conquistei muitas posições após a troca de pneus e já estava em terceiro quando aconteceu o acidente”, narrou.

“Os dois primeiros colocados não estavam tão rápidos quanto eu e consegui me aproximar deles faltando seis voltas para o final. Estávamos muito juntos e, em uma freada, os três carros ficaram lado a lado. Infelizmente acabou não sobrando espaço para mim e, após um toque, acabei batendo”, explicou o competidor patrocinado pela Sangari, que vinha com chances reais de vitória.

“Foi realmente uma pena porque o meu rendimento estava muito bom e poderia conquistar meu melhor resultado neste final de semana e, na última rodada dupla da temporada, terminei prejudicado por dois acidentes”, falou Tiago, referindo-se ao acidente da corrida deste sábado (24), em que logo na primeira volta foi ultrapassar um competidor pelo lado externo da curva e foi jogado para fora da pista.

A vitória ficou com o francês Jean Karl Vernay (Signature), seguido pelo suíço Christopher Zanella (Motopark Academy) e pelo italiano Mirko Bortolotti (Carlin Motorsport). “A temporada de estréia foi muito difícil, mas também de muito aprendizado. Agora é analisar as opções que tenho para o ano que vem e tomar a decisão certa”, finalizou Geronimi.

Sobre a Sangari Brasil: A Sangari Brasil foi fundada em 1997 pelo físico Ben Sangari com o propósito de desenvolver soluções inovadoras na educação em ciências no ensino fundamental, do 1º ao 9º ano. A empresa integra o Grupo Sangari, fundado na Inglaterra em 1965 com o objetivo de desenvolver soluções para o ensino e a pesquisa em ciências. Hoje, a Sangari está presente em 16 países e tem se destacado no Brasil por projetos inovadores elaborados com a participação de especialistas de diversas áreas do ensino.

Confira os melhores no resultado final da 20ª etapa da temporada 2009 do Campeonato Europeu de Fórmula 3:
1. Jean Karl Vernay (França) – Signature – 23 voltas em 40min50s329
2. Christopher Zanella (Suíça) – Motopark Academy – a 00s723
3. Mirko Bortolotti (Itália) – Carlin Motorsport – a 09s301
4. Marco Wittmann (Alemanha) – Mücke Motorsport – a 13s055
5. Valtteri Bottas (Finlândia) – ART Grand Prix – a 20s948
6. Esteban Gutierrez (México) – ART Grand Prix – a 30s929
7. Jules Bianchi (França) – ART Grand Prix – 41s830
8. Henkie Waldschmidt (Holanda) – SG Formula – a 44s788
9. Stefano Coletti (Mônaco) – Prema Powerteam – a 54s309
10. Adrien Tambay (França) – ART Grand Prix – a 54s523
17. Tiago Geronimi (Brasil) – Signature – a 6 voltas

Visite o site do piloto: http://www.tiagogeronimi.com.br