Maluhy perdeu roda traseira esquerda do carro, atingida por um cone de sinalização

25 de outubro de 2009

Depois de ter largado da nona posição na nona etapa da Copa Nextel Stock Car, o piloto Felipe Maluhy fazia uma corrida com ritmo forte no anel externo do circuito de Curitiba. O piloto da Tracker Racing era o sétimo colocado, mas na 19ª passagem, um incidente incomum acabou com suas chances de um bom resultado na capital paranaense. A vitória ficou com Ricardo Maurício, seguido de Ricardo Sperafico e Cacá Bueno fechando o pódio de uma corrida movimentada no final da manhã deste domingo (25).

“O carro estava excelente em todos os aspectos: de reta, de curva e de freada. Eu estava fazendo uma corrida agressiva, mas aí aconteceu esta infelicidade”, lamentou. Na reta oposta dos 2.550 metros do circuito, um carro atingiu um cone de sinalização (que fechava a entrada para a parte mista do traçado, que não foi usada nesta etapa) que já havia sido atingido antes. O objeto estava na linha de passagem dos carros, e quando outro competidor o atingiu, o cone acertou a roda traseira esquerda do carro de Maluhy. Com o impacto, a manga de eixo perdeu a fixação, e a roda se soltou do JL-G09.

“Apresentamos evolução durante todo o final de semana. Tivemos uma sexta-feira difícil, com o carro melhorando bastante no sábado e estava ainda melhor hoje. Não há explicação para o que aconteceu. Abandonar uma corrida é sempre ruim, mas da maneira que aconteceu é pior ainda”, afirmou, desolado, o paulista.

A próxima etapa da Copa Nextel Stock Car acontece em Brasília (DF), no dia 8 de novembro. Novamente no anel externo do circuito da Capital Federal. “Fizemos uma boa corrida lá no início deste ano. E como acabamos de sair de um oval, acho que chegaremos lá bastante adiantados em termos de equilíbrio e acerto do carro”, apontou.

Foto:Luca Bassani/Divulgação.