Roberval Andrade vence a F-Truck em Santa Cruz do Sul

26 de outubro de 2009

O paulista Roberval Andrade (Scania) venceu a oitava etapa do Campeonato Brasileiro de F-Truck realizada neste domingo (25) em Santa Cruz do Sul, RS. Roberval largou na pole position e liderou durante toda a prova, seguido de Wellington Cirino (Mercedes-Benz) e Beto Monteiro (Iveco) que também se mantiveram nessas posições até o final da prova. Completaram o pódio Felipe Giaffone (Volkswagen) em quarto e José Maria Reis (Scania) em quinto.

Durante todos os treinos e a tomada de tempo, Roberval foi sempre o piloto mais rápido e disse ter se sentido aliviado com a vitória depois de ter deixado de vencer em Buenos Aires por quebra do equipamento. “Essa vitória foi um alívio. Estava com a prova de Buenos Aires entalada na minha garganta. Fizemos um trabalho de equipe perfeito e conseguimos deixar meu caminhão andando além da minha expectativa”, comemorou Roberval Andrade, que se aproximou de vez dos ponteiros da tabela Felipe Giaffone e Valmir Benavides. Giaffone assumiu a liderança do campeonato com 152 pontos e Valmir Benavides que abandonou a prova, é o segundo colocado com 151 e Roberval, o terceiro com 134 pontos. Wellington Cirino com 106 pontos completa o time dos pilotos ainda com possibilidades de lutar pelo título da temporada de 2009.

“Meu caminhão esteve fantástico durante todo o fim de semana, no seco e na chuva. Em 10 anos como piloto da Scania, acho que é o melhor equipamento que já tive”, comemorou o vencedor. “A vitória é fruto de um trabalho maravilhoso de todos na equipe, todo mundo tem o emprego garantido para o ano que vem”, disse, bem humorado. “Minha equipe é fantástica, o mérito por esse momento é de cada um deles”, atribuiu Andrade.

A prova de estréia da F-Truck em Santa Cruz do Sul foi movimentada com muitas disputas, acidentes e pelo menos quatro intervenções obrigatórias do Pace Truck. A exclusão da prova de Renato Martins (Volkswagen) decretada pelos comissários desportivos causou uma movimentação também nos bastidores da categoria. Segundo os comissários da CBA a batida de Renato Martins que tirou Leandro Reis (Scania) da prova foi proposital. A equipe de Renato se defende acusando o piloto de Goiânia de ter empurrado o caminhão Volkswagen de Felipe Giaffone para fora da pista. No final da prova os comissários reconheceram a má intenção de Leandro Reis na disputa com Giaffone e o puniram por atitude antidesportiva. “Eu já disputei posições com o Leandro e ele sempre foi limpo. Foi muito estranha essa atitude dele hoje. Os comissários têm que ter uma atitude séria com ele porque senão isso pode virar uma guerra na pista”, comentou Giaffone na coletiva de imprensa.

Além de Felipe Giaffone que largou na 20ª posição e chegou em quarto, foram destaques na prova: Regis Boéssio (Volvo) que pulou de 14º para sexto na largada (bateu na quinta volta), Zé Maria Reis que marcou seu primeiro pódio na categoria, Beto Monteiro que conseguiu o terceiro pódio na temporada para a Iveco, Fred Marinelli (Iveco) que largou em 25º e chegou em sexto, Fabiano Brito (Volvo), sétimo colocado e Adalberto Jardim (Ford) que chegou a andar em quarto nas sete primeiras voltas e fechou a corrida em oitavo.

A Volkswagen continua liderando o campeonato de marcas e por pouco não sai de Santa Cruz do Sul com o título antecipado.

Confira a Classificação final da prova: 1 Roberval Andrade (foto), SP (Scania); 2 Wellington Cirino, PR (Mercedes-Benz); 3 Beto Monteiro, PE (Iveco); 4 Felipe Giaffone, SP (Volkswagen); 5 José Maria Reis, GO (Scania); 6 Fred Marinelli, PR (Iveco); 7 Fabiano Brito, PR (Volvo); 8 Adalberto Jardim, SP (Ford); 9 Danilo Dirani, SP (Volvo); 10 Vignaldo Fizio, SP (Mercedes-Benz); 11 João Maistro, PR (Volvo); 12 Andersom Toso, RS (Ford); 13 Débora Rodrigues, SP (Volkswagen) 14 Leandro Totti, PR (Ford); 15 Geraldo Piquet, DF (Mercedes-Benz); 16 Pedro Muffato, PR (Scania); 17 Djalma Fogaça, SP (Ford); 18 Gaston Mazzacane, AR (Ford); 19 Valmir Benavides, SP (Volkswagen) e 20 Adilson Cajuru, PE (Iveco).

Não completaram a prova: José Cangueiro, SP (Mercedes-Benz) – 6 voltas e Regis Boessio, RS (Volvo) – 5 voltas.
Melhor volta: Felipe Giaffone 1min43s917

Classificação do campeonato após 8 etapas: 1 Felipe Giaffone (foto), 152 pts.; 2 Valmir Benavides, 151 pts.; 3 Roberval Andrade, 134 pts.; 4 Wellington Cirino, 106 pts.; 5 Geraldo Piquet, 86 pts.; 6 Renato Martins, 84 pts.; 7 Beto Monteiro, 58 pts.; 8 Djalma Fogaça, 54 pts.; 9 Vignaldo Fizio, 53 pts.; 10 Fabiano Brito, 47 pts.; 11 Fred Marinelli, 45 pts.; 12 Danilo Dirani, 37 pts.; 13 Adilson Cajuru, 25 pts.; 14 João Maistro e Adalberto Jardim, 24 pts.; 16 José Maria Reis, 21 pts.; 17 José Cangueiro e Débora Rodrigues, 19 pts.; 19 Pedro Muffato, 17 pts.; 20 Leandro Reis, 14 pts.; 21 Regis Boessio, 11 pts.; 22 Gaston Mazzacane e Urubatan Helou Jr. 5 pts.; 24 Anderson Toso, 3 pts.; 25 Diumar Bueno, 2 pts.; 26 Leandro Totti, 1 ponto.

Campeonato de Marcas: 1) Volkswagen, 400 pontos; 2) Mercedes-Benz, 255 pts.; 3) Scania, 191 pts.; 4) Iveco, 128 pts.; 5) Volvo, 121 pts. e Ford, 92 pontos.

Fotos:Orlei Silva/Divulgação.