Cristian Baumgart/Beco Andreotti esperam fechar ano na frente

28 de outubro de 2009

Resta apenas uma etapa para o término da temporada 2009 de uma das competições mais disputadas do rali nacional, o Mitsubishi Cup Sudeste. A última prova será disputada no dia 21 de novembro, em Jaguariúna, onde serão conhecidos os campeões das categorias: L200 Triton RS, L200 RS e Pajero TR4R. Líderes da categoria Triton, Cristian Baumgart e Beco Andreotti mantiveram regularidade durante as seis primeiras etapas, e seguem para a última prova confiantes em obter um bom resultado.

Segundo o navegador Beco Andreotti, a vantagem poderia ser ainda maior, caso não tivessem tido problemas em uma das provas, porém eles partiram para a última etapa, disputada no último sábado em Ribeirão Preto dispostos a recuperar o prejuízo. “Começamos o Campeonato com três vitórias, e na Etapa de Guarapuava (26/09), acabamos indo muito mal, e terminamos em 2º na classificação geral. Sabíamos da importância desta última etapa, e aceleramos tudo o que podíamos, com o objetivo de voltar ao 1º lugar. Isto acabou acontecendo, já que ficamos em segundo, e ganhamos duas provas das três possíveis”, contou o navegador.

Para a temporada 2009, a dupla encarou o desafio de correr em uma categoria nova, com um carro preparado pela organização da prova. “A Triton RS acabou nos surpreendendo. É um carro leve, forte e resistente, e que aceita muitos erros. Um carro bem parecido com as nossas Evos”, analisou Beco, que faz questão de elogiar também a organização do Mitsubishi Cup, segundo ele, sem comparação com nenhuma outra prova disputada no país. “Não existe nenhum campeonato igual ao Mit Cup, onde encontramos um clima de descontração, e competição ao mesmo tempo. O ritmo da categoria é mais forte do que imaginávamos, e a estrutura de apoio, os resultados online, fazem a diferença”, disse.

De acordo com Cristian o grande diferencial da categoria, é que todas as duplas competem em igualdade, já que os carros são preparados pela Mitsubishi Racing. “A iniciativa do desenvolvimento da Triton RS e o apoio do Eduardo Souza Ramos foi primordial, pois é uma categoria que veio para testar a performance das duplas. Usamos um carro alugado, e não precisamos preparar nada. Ninguém pode mexer no desenvolvimento, calibragem e suspensão. Tudo é preparado por eles, e todos têm chance de ser campeão. Para nós foi a oportunidade de provarmos nosso potencial, e diferencial, tanto de piloto como navegador”, explicou o piloto.

A estratégia da equipe para a última etapa é manter a concentração para atingir o objetivo final, que é ser campeão na categoria de rali mais competitiva no Brasil. “Tínhamos a expectativa de chegarmos entre os três melhores, e isto vai acabar acontecendo. A cada prova, melhoramos ainda mais o entrosamento da dupla. Desde a primeira etapa buscamos a vitória, sabíamos que cada prova tinha seu valor, e resolvemos acelerar tudo o que podíamos sempre”, afirmou Cristian.

“Nunca na história do rali houve uma categoria, ou campeonato como o da Mitsubishi Cup, ninguém tem vantagem, todos são iguais e vence o melhor. Tem que ganhar na raça, e ver quem é mais arrojado, e a experiência da dupla conta muito”, contou Cristian, que desde o ano 2000 tem a companhia de Beco nas competições. “Juntos já vencemos, perdemos, e brigamos muito. Acredito que somos a dupla mais antiga na categoria carros a competir”.

Além das provas da Mitsubishi, Cristian e Beco participaram da última edição do Rally dos Sertões. “Como na Cup não temos o trabalho de desenvolvimento e montagem do carro, optamos por esses dois eventos, assim conseguimos montar nossas Evos para o Sertões com mais calma e precisão”, lembrou Cristian. Segundo o navegador os únicos itens que precisam levar para as provas da Mitsubishi são equipamentos de segurança, como capacete, macacão, Hans, todo o resto é fornecido pela organização.

Para a próxima temporada a dupla visa participar novamente da Mitsubishi Cup, assim como o Rally dos Sertões “E continuar crescendo como equipe e buscar novas vitórias”, finalizou Cristian Baumgart. A equipe X Rally Team conta ainda com a participação da dupla Marcos Baumgart, irmão de Cristian e Kleber Cíncea, também na categoria L200 Triton RS.

Classificação do Mitsubishi Cup – com descartes:

Piloto:
1 Cristian Baumgart, 158
2 Adriano Leão, 149
3 Marcos Cassol, 144
4 Hugo Rodrigues, 137
5 Ingo Hoffmann, 125
6 Reinaldo Varela, 116
7 Marcos Baumgart, 116
8 Amaury Olsen, 92
9 Luis Carlos Nacif, 98
10 Julio Cesar Bonache, 87
11 Eduardo De Souza Ramos, 21
12 Sálvio Costa Junior, 15

Navegador:
1 Beco Andreotti, 158
2 Rodrigo Mello, 144
3 Eduardo Bampi, 142
4 Kaique Rodrigues, 137
5 Emerson Cavasin, 125
6 Marcos Macedo, 109
7 Kleber Cincea, 105
8 Youssef Haddad, 92
9 Humberto Ribeiro, 87
10 Edgar Fabre, 21