Copa Vicar entra em sua reta final sem favoritos

29 de outubro de 2009

Depois de sete etapas marcadas por muitas disputas, vitórias e confusões, a Copa Vicar entra em sua reta final na temporada 2009. Na próxima semana, a principal categoria de acesso à Copa Nextel Stock Car disputa a penúltima etapa da temporada, em Brasília, no dia 8 de novembro, ainda muito longe de uma definição.

Para se ter uma ideia, o atual líder da competição, Rafael Daniel, não venceu nenhuma corrida e ponteia a tabela com apenas um ponto de vantagem para Julio Campos (92 a 91), e três à frente de Felipe Lapenna, com 89. Atrás deles, surge uma legião de pilotos que ainda têm chances matemáticas de título, já que o primeiro critério de desempate é, justamente, o número de vitórias.

Outro fator que comprova o enorme equilíbrio do campeonato: não houve repetição de vencedores até o momento, assim como na Copa Nextel. Isso faz todos acreditarem que o campeonato não tem favoritos, como Gustavo Sondermann (Banco Sofisa/Colonial Racing/CHT), da Gramacho Costa (Tozan), quinto na tabela e com uma vitória no bolso, conquistada na quarta etapa, em Interlagos.

“Não tem como não dizer que o campeonato não está aberto”, ressalta Gustavo, atual campeão da Pick-up Racing. “Só neste ano, foram cinco líderes diferentes em sete corridas, três pontos separam os três primeiros e ainda existem os dois descartes. Ou seja, a chance de isso tudo virar nas próximas duas corridas é muito grande.”

“Dos seis primeiros colocados, só eu ainda não liderei a tabela de pontos. Espero que isso aconteça na última corrida, assim pego a primeira posição para nunca mais perder”, comenta Sondermann, que vem de um quinto lugar em Curitiba e espera não ter um resultado ruim em Brasília, já que seus descartes já estão “encaminhados”.

“Não perco pontos com os meus descartes, enquanto o Rafael Daniel, por exemplo, perde dez. Com isso, a diferença cai para 19 pontos, com 50 ainda em jogo. Sendo assim, tenho de fazer minha parte, que é andar na frente e somar o máximo possível de pontos. É difícil, mas acredito, sim, que tenho chances, ainda mais sabendo que já larguei na pole de Vicar em Brasília”, completou.

Em 17 temporadas já disputadas, a Copa Vicar (que também já foi chamada de Stock Car B e Stock Car Light), já revelou grandes campeões, como Cacá Bueno, Marcos Gomes, Nonô Figueiredo, Renato Jader David, Norberto Gresse, Thiago Marques, Fábio Carreira e, inclusive, Carlos Col, que hoje atua como organizador do circo da Stock Car, entre outros.

Confira a classificação sem descartes da Copa Vicar em 2009:

1°. Rafael Daniel (Full Time), 92 pontos
2°. Julio Campos (Carlos Alves), 91
3°. Felipe Lapenna (Full Time), 89
4°. Diogo Pachenki (ALM Pachenki), 70
5°. Gustavo Sondermann (Gramacho Costa), 63
6°. Tiago Gonçalves (DCM), 53
7°. André Bragantini Jr. (Full Time), 52
8°. Eduardo Leite (DCM), 43
9°. Lucas Finger (AMG), 42
10°. Rodrigo Sperafico (Carlos Alves), 41
11°. Eduardo Berlanda (F&F), 41
12°. Juliano Moro (Nascar), 35
13°. Afonso Bastos (F&F), 33
14°. Leonardo Vital (RC3 Bassani), 32
15°. Sérgio Jimenez (Scuderia 111), 31