Eduardo Leite troca motor e espera desempenho melhor na prova de Brasília da Copa Vicar

4 de novembro de 2009

Na última prova, o piloto ficou no Top 10 em Curitiba e poderia ter chegado entre os cinco primeiros se não tivesse problemas: o motor estava com 10 cavalos a menos de potência e será trocado para esta etapa.

Eduardo Leite (VRS-Molas Aço-Artplast) está otimista para a prova de Brasília da Copa Vicar. Na última etapa, ele ficou entre os dez primeiros, mas lamentou não ter conseguido um desempenho melhor para lutar pelas primeiras colocações. Após a corrida, seu carro foi desmontado e os mecânicos descobriram um grave problema.

“Meu carro estava com dez cavalos a menos de potência do que os outros. Eu chegava nas curvas, mas não conseguia passar nas retas. Por isso, troquei o motor e acredito que vou ter um desempenho melhor da prova de Brasília. Estou confiante.”

Com o problema resolvido, o piloto tem motivação dobrada. Além da troca de motor, Eduardo Leite sabe que sua equipe consegue bons acertos para o circuito. A prova disso foi o desempenho na terceira etapa desta temporada, que também foi disputada em Brasília.

“Naquela corrida, meu carro estava bom, eu estava andando entre os primeiros, mas tive um problema de câmbio e abandonei. Mas eu companheiro de equipe venceu a prova, o que deixa claro que sempre encontramos bons ajustes para o circuito.”

A etapa de Brasília da Copa Vicar, 10ª etapa da temporada, acontece nos dias 6, 7 e 8 de novembro